domingo, 19 de maio de 2024

FORTALEZA-CE: Cozinheiro atira e fere dois garçons dentro de restaurante no Meireles

O cozinheiro de um restaurante localizado no bairro Meireles, em Fortaleza, atirou contra dois garçons e feriu os profissionais dentro do estabelecimento comercial durante a madrugada deste domingo, 19, em Fortaleza. O crime ocorreu no Boteco do Mariano, na avenida Monsenhor Tabosa.

Uma das vítimas foi ferida com um tiro de raspão na mão e o outro atingido no abdômen. Ambos foram socorridos pelo proprietário do restaurante e levados ao Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza. A Polícia Militar do Ceará foi acionada e os agentes de segurança verificaram que o autor do crime havia fugido do local. No entanto, o cozinheiro havia sido flagrado por câmeras no Núcleo de Videomonitoramento e, em seguida, foi localizado e preso em flagrante.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o trabalho ostensivo da Polícia Militar do Ceará (PMCE), com apoio do Núcleo de Videomonitoramento (Nuvid) da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) resultou na prisão em flagrante de um suspeito de tentativa de homicídio. A motivação do crime será investigada pela Polícia Civil.

Um revólver com cinco munições, sendo duas deflagradas e três intactas, foram apreendidas. O suspeito foi encaminhado ao 2º Distrito Policial (2º DP), unidade plantonista na área, onde foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio. A arma de fogo apreendida com o suspeito também foi apresentada na unidade policial. Ele foi colocado à disposição da Justiça.

O restaurante, por meio de uma publicação no perfil oficial, informou que não abrirá neste domingo devido a um "imprevisto". O estabelecimento pediu desculpas por qualquer "inconveniente" e agradeceu a "compreensão" de todos. O estabelecimento ainda ressaltou na publicação que está "trabalhando para resolver a situação o mais rápido possível" para poder receber os clientes com a "mesma qualidade e serviço de sempre", divulgou.

Há menos de um mês o garçom de um restaurante no município de Camocim, distante 357 quilômetros de Fortaleza, matou o vereador do município, César Veras (PSB). O crime ocorreu dentro do estabelecimento comercial no dia 28 de abril, enquanto a vítima fazia suas refeições. Além do vereador, o garçom também atacou o próprio chefe, gestor do restaurante e uma terceira pessoa.

O crime repercutiu nacionalmente após a divulgação do vídeo das câmeras de vigilância do espaço, que mostram o momento do ataque. O garçom utilizou uma faca na ação criminosa e é possível ver que ele tenta degolar o vereador, que foge, no entanto, não resiste aos ferimentos. O acusado foi preso em flagrante e teve prisão preventiva decretada pela Justiça durante audiência de custódia.

No dia 23 de abril um ex-funcionário do Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza, invadiu a unidade hospitalar e matou um zelador da copa. Depois da execução, o autor do crime ainda decapitou a vítima dentro da cozinha do IJF. A situação causou pânico entre funcionários e pacientes. A Polícia foi acionada e o acusado foi preso em flagrante na Região Metropolitana.

A defesa do acusado afirmou que o homem foi motivado a invadir o hospital e a matar o trabalhador por motivos de ciúmes. Ele teria relatado a defesa que se tornou alvo de chacotas entre os profissionais do hospital e que após deixar o trabalho foi provocado pelos próprios colegas do IJF, por não tomar uma atitude violenta diante do suposto relacionamento entre os dois.

A rixa foi nutrida pelo ex-funcionário em razão da proximidade entre a namorada, que também trabalhava na unidade de saúde, e do zelador da copa.

(O POVO)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More