ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON OU LIGUE (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

São Paulo vence e encosta na liderança do Brasileirão

Em jogo atrasado da 13ª rodada, Tricolor derrotou o Athletico-PR por 1 a 0, fora de casa, e chegou aos 30 pontos, dois a menos que o Santos.
O São Paulo derrotou o Athletico-PR por 1 a 0, em Curitiba, na Arena da Baixada, engatou a quinta vitória seguida no Campeonato Brasileiro e entrou de vez na briga pelo título. O gol da partida foi marcado pelo meia Vitor Bueno, aos 39 minutos do primeiro tempo. Com o resultado, o Tricolor subiu para a quarta colocação, com 30 pontos, dois a menos que líder Santos. O Athletico-PR fica com 22 pontos, na oitava posição.

O jogo

O primeiro tempo começou como era esperado, com o Athletico pressionando e buscando o ataque, já que jogava em casa. Logo aos 4 minutos, após cruzamento do lateral Madson, o atacante Marcelo Cirino chegou batendo de primeira, mas Arboleda deu um carrinho no tempo certo e a bola saiu por cima do gol de Tiago Volpi. Aos 9 minutos, Marcelo Cirino teve uma boa chance em novo cruzamento, porém o cabeceio desviou em Anderson Martins e pela linha de fundo.

A partir dos 15 minutos, o São Paulo conseguiu ficar um pouco mais com a bola e passou a sofrer menos com as investidas do time paranaense. O jogo segui com o Athletico procurando mais o gol, mas parando no sistema defensivo Tricolor. Aos 25 minutos, a bola foi cruzada na área do São Paulo, o zagueiro Anderson Martins não conseguiu afastar e Rony arriscou o chute. O atante pegou mal na bola, mas quase encobriu Tiago Volpi, que conseguiu se recuperar e fez a defesa.

Sem conseguir chegar à área do time paranaense, o São Paulo começou a arriscar chutes de longa distância com Daniel Alves e Liziero. Como as melhores chances do Athletico foram criadas pelo lado direito, Cuca inverteu as posições de Liziero e Vitor Bueno, que não estava conseguindo ajuda Reinaldo na marcação.

Aos 39 minutos do primeiro tempo, o São Paulo abriu o placar. Em contra-ataque, Igor Vinicius tocou Vitor Bueno, que passou para Liziero no lado esquerdo. O volante devolveu para Vitor Bueno dentro da área, que chutou no ângulo do goleiro Santos. O Athletico tentou responder logo em seguida em cobrança de escanteio. Léo Pereira subiu mais que todo mundo e a bola passou muito perto do gol de Tiago Volpi.

Já na volta do segundo tempo, o técnico Tiago Nunes decidiu colocar o atacante Marco Ruben no lugar de Rony. O time paranaense voltou pressionando e buscando as jogadas pelas laterais, enquanto o São Paulo apostava no contra-ataque. Aos 12 minutos, Raniel recebeu bom passe dentro da área, chutou forte e a bola passou perto da meta de Santos.

Mesmo com as substituições, o time paranaense parava na forte marcação do São Paulo. Aos 28 minutos, o atacante Vitinho cabeceou de dentro da área, Tiago Volpi deu um soco na bola, que bateu em Marco Ruben e quase entrou no gol da equipe paulista. O Athletico-PR passou a insistir em cruzamentos, mas parou no bom desempenho de Tiago Volpi.

Aos 43 minutos, o argentino Marco Ruben acertou um belo chute e a bola passou muito perto do gol do São Paulo. O Tricolor chegou com perigo logo em seguida em contra-ataque e o goleiro Santos conseguiu fazer a defesa no chute de Reinaldo. O Athletico continuou pressionando muito, e teve chance com Pedro Henrique, mas Arboleda salvou o Tricolor mais uma vez. 

Na próxima rodada, o São Paulo enfrenta o Vasco, no Rio de Janeiro, no estádio de São Januário, no domingo (25), às 17h. O Athletico-PR vai enfrentar o Grêmio, em Porto Alegre, no sábado (24), às 16h.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO-PR 0 X 1 SÃO PAULO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data/Horário: 21/8/2019, às 19h15
Árbitro: Daniel Nobre Bins (RS)
Assistentes: José Eduardo Calza (RS0 e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
Árbitro de vídeo: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Assistentes do VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
Público e renda: 21.526 torcedores e R$ 765.475,00
Cartões amarelos: Tonny Anderson, Bruno Guimarães, Wellington (CAP); Reinaldo, Arboleda (SAO)
Cartão vermelho: não houve.

GOLS: Vitor Bueno 39'/1ºT (0-1)

ATHLETICO-PR: Santos; Madson, Pedro Henrique, Léo Pereira e Adriano; Wellington (Tomás Andrade, 34'/2ºT), Bruno Guimarães e Nikão; Marcelo Cirino, Rony (Marco Ruben, 13'/2ºT) e Tonny Anderson (Vitinho, 17'/2ºT). Técnico: Tiago Nunes.

SÃO PAULO: Tiago Volpi, Igor Vinícius, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Tchê Tchê, Liziero (Léo, 39'/2ºT) e Daniel Alves; Antony (Juanfran, 42/2ºT), Vitor Bueno (Willian Farias, 29'/2ºT) e Raniel. Técnico: Cuca.

(R7)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More