ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON OU LIGUE (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

terça-feira, 27 de agosto de 2019

Violência armada deixa mais três mulheres mortas no Ceará. No ano, já são 141 assassinatos do gênero

Subiu para 141 o número de mulheres assassinadas no Ceará. No último fim de semana, as autoridades registraram mais três casos de mortes violentas de mulheres na Grande Fortaleza. Foram dois crimes na Capital e mais um na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Neste mês de agosto, o Ceará já contabilizou 11 casos de homicídios e feminicídios contra mulheres.

Entre as três vítimas está uma jovem de 24 anos que foi morta juntamente com o seu namorado, um agente penitenciário. Os dois foram vítimas de uma emboscada.

Maria Marissa Pereira de Sousa, estava na garupa de uma motocicleta pilotada pelo agente penitenciário Edmar da Silva Lima, 40. Na noite do último sábado (24), por volta de 21h30, os dois trafegavam pela Rua Guilherme de Almeida, no bairro Ancuri (Grande Messejana), quando foram perseguidos por um carro onde estavam os assassinos. Foram alcançados e atingidos por vários tiros. O agente morreu no hospital, Marissa tombou sem vida no local do ataque. Segundo a Perícia Forense, a jovem foi baleada cinco vezes, duas delas na cabeça.

A Polícia suspeita de um crime ordenado de dentro de um presídio. O agente estaria tendo um caso com a jovem que era ex-companheira de um detento.

Outro crime

Ainda no sábado (24), à tarde, uma adolescente foi morta, a tiros, na zona Sul de Fortaleza. Tratava-se de Kelly Priscila de Sousa Castro, que tinha apenas 16 anos. De acordo com os registros da Polícia, a jovem era ligada a uma facção criminosa e postava fotos nas redes sociais exibindo armas.

Priscila foi atingida com vários tiros quando caminhava pela Avenida Francisca Maria da Conceição, no Planalto Ayrton Senna (Pantanal). Estava junto com outra garota, que foi baleada nas nádegas e levada para um hospital. Há suspeitas de que ela teria sido morta por entrar numa área dominada por uma facção rival à que ela participava.

Dois homens que transitavam em uma motocicleta de cor preta teriam sido os responsáveis pelo ataque contra as duas garotas.

Mais uma morte

Na sexta-feira (23), no começo do fim de semana, uma mulher foi assassinada na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A dona de casa, Maria Nercilene Lopes de Sousa, 34 anos foi assassinada, a tiros, no Triângulo de Chorozinho, na BR-116. O suspeito do crime fugiu e a Polícia segue investigando o caso.

(Fernando Ribeiro)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More