ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON OU LIGUE (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Witzel defende fim da visita íntima para presos: "Tem que perder a liberdade sexual"

O Governo do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) defendeu o fim da visita íntima para presidiários no 1º Encontro Nacional de Diretores de Departamentos de Homicídios.
Na mesma ocasião Witzel também afirmou existir um déficit nacional de 300 mil vagas nos presídios e defendeu um aumento no tempo máximo de prisão, que, segundo seu entendimento, deveria ser de 50 anos, informa o Globo.

“A pena para criminosos do crime organizado não pode ser 35 anos, tem que ser 50 anos. O sistema que ele tem que ficar preso não pode ter visita íntima. Perdeu a liberdade? Tem que perder a liberdade sexual. Onde é que nós estamos com a cabeça? Você tira a liberdade do sujeito, mas não tira a liberdade sexual dele. O que que é isso? Perdeu sim”, disse o governador.

Fonte: O Globo

2 comentários:

Esse sim é um governador de respeito e merece aplausos, lamentablemente o governador do Ceará passa é longe desse nobre governador do Rio de Janeiro.

Se eles quiserem sexo, que continue fazendo entre eles.
Preso é preso, presidio não é motel.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More