ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON OU LIGUE (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

terça-feira, 1 de outubro de 2019

15 estados mais o Distrito Federal aderem ao programa de Colégios Militares do MEC

Quinze Estados mais o Distrito Federal aderem ao piloto do Programa de Escolas Cívico-Militares do Ministério da Educação. Lançada em setembro, a proposta prevê a participação de militares da reserva em atividades educacionais e administrativas das unidades para melhorar o ensino no país.

O projeto abre agora uma nova etapa, desta vez para a inscrição de municípios interessados em participar. Prefeituras terão entre os dias 4 e 11 para manifestar o interesse. Todas cidades podem participar, incluindo as que estão inseridas em Estados que não manifestarem.

O projeto piloto prevê a instalação de 216 escolas nesse modelo até 2023.

Por ano, o governo pretende criar 54 escolas militares. O orçamento previsto para a atividade em 2020 é de R$ 54 milhões, 1 milhão por unidade que aderir. Os recursos serão usados para melhoria de infra-estrutura e para o pessoal.

A expansão de escolas cívico militares é uma promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro. Para Weintraub, esse modelo atende os desejos de famílias, que querem que seus filhos estudem escolas nesse modelo de disciplina e hierarquia.

Com informações do Terra

4 comentários:

quem são os 15 estados que ADERIRAM AO projeto? será que A CAPITANIA HEREDITÁRIA DO cirão, cidzão e camelão esta no projeto?? sera?

Essa turma do Ceará tem medo de Escolas Cívico-Militares, querem o povo no cabresto. Com certeza não será bem vindo por essa Adm.

Quais sao os estados? Informe isso melhor...

Na vdd é apenas um cabide de empregos para militares!
Não haverá concursos publicos.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More