ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON OU LIGUE (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

domingo, 3 de novembro de 2019

Atlético/CE e Caucaia decidem Taça Fares Lopes

Equipes realizam jogo de volta da finalíssima, com vantagem para a Raposa Metropolitana, que venceu duelo de ida por 2 a 1. O clube campeão garante participação na 1º fase da Copa do Brasil da próxima temporada.

Uma oportunidade milionária em 90 minutos. Quando entrarem em campo hoje, pela final da Taça Fares Lopes, Caucaia e Atlético/CE disputam um troféu inédito e uma vaga na Copa do Brasil de 2020.Trata-se então de escrever história e também adquirir receita para a próxima temporada.

Isso porque participar do torneio nacional é indicativo de salto de patamar, tendo em vista a possibilidade de investimento em elenco e infraestrutura - a cota do ano passado foi R$ 525 mil logo na primeira fase. E tudo será decidido às 15h30, no estádio Raimundo de Oliveira, em Caucaia.

O palco do duelo entrega quem está mais perto da taça. Dona da melhor campanha, a Raposa Metropolitana venceu o 1º jogo da finalíssima por 2 a 1, no PV, o que a deixa com o título até se empatar.

O detalhe é que ficar prestes a se sagrar vitorioso não é novidade. A equipe é a atual vice-campeã da competição, tendo sido superada pelo Ferroviário na última decisão. O lateral Carlinhos cobrou atenção e uma postura similar à apresentada no embate inicial para coroar o ano.

"Nosso time jogou bem compactado, consciente tecnicamente e taticamente, mas temos que ter pé no chão, sabemos da qualidade do Atlético-CE, eles têm um time experiente. Isso nos faz ter mais atenção para a grande decisão", afirmou.

Uma das armas para o confronto é o experiente centroavante Ciel, de 37 anos. Ex-Ceará, o artilheiro da Fares Lopes, com oito gols, foi o responsável pelo desempate frente à Águia da Precabura.

O embate também representa uma coroação do trabalho de Oliveira Canindé. O treinador já conduziu várias equipes consideradas menores a grandes feitos e, agora, pode assegurar maior calendário para a equipe da região metropolitana, que foi fundada apenas em 2004 e conta com apoio da Prefeitura do município.

CORRENDO ATRÁS

Tendo perdido, o Atlético/CE começa a final em desvantagem e precisa reverter o placar em um único jogo para alcançar a glória da taça. Segundo regulamento, o time comandado pro Raimundo Vagner é campeão se vencer por mais de um gol de diferença.

Caso aplique 2 a 1, a Águia da Precabura leva o confronto aos pênaltis - não está previsto prorrogação na disputa. "Nessa semana treinamos muito forte para conseguir esse resultado. É o que queremos e vamos buscar", declarou o lateral-esquerdo Nailton.

E a equipe já deu provas do poder de reação que tem: contra o Guarany de Sobral, pela semifinal, conseguiu reverter um 3 a 0 no jogo de ida e avançou através das penalidades, quando aplicou 3 a 2.

O momento é de redenção para um clube que busca o 1º troféu desde que foi arrendado pelo jogador cearense, naturalizado russo, Ari, em 2017, e deixou de ser Uniclinic. Recebendo investimento e realizando um trabalho nas categorias de base, a equipe se tornou uma das favoritas ao acesso à Série C quando esbanjou a 2ª melhor campanha geral da fase de grupos da 4ª divisão, com apenas um revés. O mata-mata, todavia, encerrou o sonho do time, que foi eliminado pelo Bragantino/PA.

CEARENSES COM VAGA

O que está em disputa na final da Taça Fares Lopes é a última vaga do Estado para a Copa do Brasil de 2020. Quem já está classificado para o torneio são Barbalha (líder da 1º fase do Estadual), Ceará (colocação no ranking da CBF) e Fortaleza (campeão cearense).

Taça Fares Lopes chega na 10ª edição com Atlético/CE e Caucaia disputando título inédito. O campeão consegue o troféu e uma vaga na Copa do Brasil de 2020, se juntando a Barbalha, Ceará e Fortaleza.

Com 2 a 1 no jogo de ida, o Caucaia tem a vantagem de um empate na decisão da Taça Fares Lopes

Os clubes cearenses já classificados para a Copa do Brasil são: Barbalha, Ceará e Fortaleza.

(Diário do Nordeste)
Foto:Kid Júnior / SVM

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More