ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON: (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

terça-feira, 7 de janeiro de 2020

Delegacia Eletrônica registra mais de 113 mil boletins de ocorrência em 2019

Com mais de 113 mil Boletins Eletrônicos de Ocorrência (B.E.O) aprovados durante todo o ano de 2019, a Delegacia Eletrônica do Ceará (Deletron) através de seu endereço virtual (http://www.delegaciaeletronica.ce.gov.br/beo/) oferece a toda população celeridade e comodidade para registro dos mais variados tipos de ocorrência, por meio desta ferramenta prática. A especializada foi instituída no ano de 2004 e segue até os dias de hoje, disponibilizando a todos os cidadãos 11 tipos de B.E.O, que podem ser registrados rapidamente através de alguns clicks. Possibilitando assim que a Polícia seja comunicada do fato, sem que a vítima se desloque até uma delegacia física.

A Deletron atende a todo o Estado do Ceará e o usuário desta ferramenta pode registrar 11 tipificações criminais que são: extravio de objetos e documentos, acidente de trânsito sem vítimas, dano, injúria, furto, difamação, roubo a pessoa (sem lesão), calúnia, roubo a residência, violação de domicílio e desaparecimento de pessoa.

Segundo o delegado titular da Deletron, Raulino Castro, no ano passado foram aprovados mais de 113 mil boletins. “Com este trabalho da equipe da especializada, milhares de pessoas se beneficiaram da comodidade de fazer seus registros sem precisar sai de seu lar ou ambiente de trabalho, bastando somente ter um local com acesso à internet”, ressaltou o delegado.

Passo a Passo

No momento que o usuário chega para fazer seu B.E.O, é muito rápido, prático e dura poucos minutos. Através do site da Deletron (http://www.delegaciaeletronica.ce.gov.br/beo/), basta escolher uma das opções de registro e seguir o passo a passo informado pelo sistema, que é autoexplicativo.
Como deve ser feito

1. Acesse o site da Delegacia Eletrônica:
 (http://www.delegaciaeletronica.ce.gov.br/beo/)

2. Escolha a ocorrência que deve ser registrada

3. Diga ao sistema se você é a própria vítima do fato, ou se é o noticiante, no caso de a vítima estar impossibilitada de registrar a ocorrência

4. Siga as orientações do sistema. Tenha em mãos os números do RG e do CPF. É preciso fazer um breve relato da ocorrência

5. A Delegacia Eletrônica enviará um e-mail com o número do protocolo. Nesse período, a Deletron confirmará as informações fornecidas.

6. Se as informações estiverem corretas, um novo e-mail será enviado com o Boletim de Ocorrência Eletrônico e uma senha de acesso.

7. Imprima o documento e, após a assinatura, o B.E.O poderá ser usado como qualquer outro.

Para que o processo do seu B.E.O seja finalizado com sucesso é necessário que o usuário tenha atenção no preenchimento de todos campos de numeração de documentos como RG, CPF e e-mail, principalmente. Segundo informações da Deletron, mais B.E.O seriam aprovados se houvesse mais cautela na hora de digitar os dados particulares, já que, a especializada analisa as informações e cruza com base nos dados de órgãos de documentação. “O usuário às vezes digita as informações pessoais erradas, então reprovamos o registro, já que fazemos toda uma análise desses dados. Ter atenção ao inseri-los no momento do registro é o melhor conselho que podemos dá para quem procura a Deletron”, explicou o delegado.

Uma vez que todo o processo é encerrado com sucesso, uma senha e número do protocolo são gerados para garantir o acesso online. Caso seja reprovado, é gerado um novo protocolo em virtude da segurança digital, então o usuário refaz o B.O.E corrigindo as informações divergentes. Vale ressaltar que a Deletron conta com uma equipe formada por um delegado, quatro escrivães e cerca de 30 analistas, funcionando de 6 da manhã até meia-noite, todos os dias da semana. Atualmente, aproximadamente 15% de todos os boletins registrados na capital cearense já são realizados por meio virtual.

Após o registro, o B.O.E é enviado também para a delegacia de polícia responsável pela circunscrição onde ocorreu o fato. A Polícia Civil do Estado do Ceará, com este tipo de serviço, desenvolve seu papel de polícia cidadã proporcionando celeridade nos procedimentos de polícia judiciária junto à população cearense.

* A Polícia Civil alerta aos usuários que fazer falsa comunicação de crime a autoridades policiais é crime previsto no artigo 340 do Código Penal, resultando em multa e detenção de um a seis meses.
Serviço

Delegacia Eletrônica (Deletron)
Endereço: Rua do Rosário, 199 Centro – Fortaleza/CE
Tel: (85) 3101 2509

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More