ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON: (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Veleiro apreendido em Portugal com quase 2 toneladas de cocaína saiu de Fortaleza

A embarcação tinha saído de Fortaleza em novembro do ano passado e tinha como destino a ilha Martinica Francesa, no Caribe. No entanto, a embarcação foi apreendida em Portugal com quase 2 mil quilos de cocaína.

A Polícia Federal informou, nesta segunda-feira (27), que o veleiro apreendido na última semana no arquipélago português de Açores, com 1.820 quilos de cocaína, saiu de Fortaleza em novembro do ano passado em direção à Martinica, no Caribe, onde nunca esteve. A embarcação fazia o transporte de entorpecentes entre o Brasil e a Europa.

De acordo com a Polícia Federal, o veleiro e os suspeitos foram monitorados enquanto estiveram no Brasil e que a apreensão em Portugal foi resultado de um trabalho conjunto com as policiais internacionais. Na ação, foram presos um alemão e um bósnio, de 54 e 52 anos de idade, respectivamente.

A reportagem procurou a assessoria de imprensa da Superintendência Regional da PF no Ceará para obter detalhes sobre o caso e aguarda resposta. 

Veja íntegra da nota da PF em Brasília

A Polícia Federal, em cooperação policial internacional, participou das investigações que levaram à apreensão de 1.820 kg de cocaína no arquipélago português de Açores, na última semana.

A droga foi encontrada em um veleiro que fazia o transporte dos entorpecentes entre o Brasil e a Europa. A Polícia Federal atuou em cooperação internacional junto à Organização Internacional MAOC-N, a Aduana Francesa, a Agência Americana de Repressão às Drogas e a Polícia Judiciária de Portugal.

Durante o período de estada no Brasil, a Polícia Federal acompanhou a movimentação do veleiro e dos suspeitos em território nacional. No final de novembro, a embarcação partiu de Fortaleza/CE em direção à Martinica Francesa. No entanto, nunca chegou ao destino e foi interceptada em Açores.

(Diário do Nordeste)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More