ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON: (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

Aviões decolam para a China para buscar brasileiros

Aeronaves da frota presidencial foram designadas para repatriar grupo que está em Wuhan.
Os dois aviões da frota presidencial que vão buscar os brasileiros na região de Wuhan, cidade chinesa considerada o epicentro do coronavírus, saíram nesta quarta-feira (5), de Brasília. A decolagem aconteceu ao meio-dia e as aeronaves devem chegar à China na madrugada de sexta-feira (7).

Ao todo, 29 pessoas devem ser repatriadas. O desembarque dos brasileiros é esperado para acontecer na manhã do próximo sábado (8). Os aviões fazem escalas em Fortaleza (CE), Las Palmas (Espanha), Varsóvia (Polônia) e Ürumqi (China), antes de chegar em Wuhan. No retorno, o trajeto será o mesmo, com desembarque em Anápolis (GO).

O isolamento dos brasileiros trazidos da Ásia deve durar pelo menos 18 dias. De acordo com o ministro da Defesa, caso algum dos passageiros apresente qualquer sintoma, ele será encaminhado para o Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília.

Os aviões que serão utilizados no transporte das 29 pessoas fazem parte da frota do presidente Jair Bolsonaro, mas são equipamentos em que ele não costuma viajar. Cada aeronave tem capacidade para 30 passageiros.

Cada um dos repatriados precisou preencher um formulário com as informações sobre as medidas de segurança para quarentena. Entre elas, o isolamento de cada um em quartos individuais, necessidade de aferição dos dados vitais 3 vezes ao dia e coleta de amostras respiratórias.

(Plenos News)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More