sábado, 11 de abril de 2020

Mais duas cidades do Ceará fecham entrada para conter coronavírus; e lista sobe para 22

A medida, anunciada na véspera do feriado da Semana Santa, visa evitar os riscos de proliferação do novo coronavírus.
Pelo menos 22 cidades do Ceará anunciaram que decidiram fechar acessos por causa aumento do Ceará dos casos do novo coronavírus.

Com a determinação, apenas moradores vão poder entrar nesses municípios, mediante apresentação de um comprovante de endereço ou comprovação de parentesco com outro morador. A medida foi tomada pelas cidades de Paracuru, Guaramiranga, Piquet Carneiro, Beberibe, Fortim, São Luís do Curu, São Gonçalo do Amarante, Icapuí, Aracati, Jijoca, Mulungu, Barroquinha, Trairi, Ipu, Ererê, Senador Pompeu, Paraipaba, Alto Santo, Mombaça, Várzea Alegre, Itatira e Pires Ferreira.

O Estado é o 4º do País em incidência de Covid-19, tendo quase o dobro da média nacional de casos, segundo avaliação do Ministério da Saúde. São 67 mortes pela doença em território cearense e 1.582, conforme dados atualizados até as 9h de sábado (11) na plataforma digital IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). 


Paracuru

“Nossas praias estão com acesso restrito. No momento nós não temos estrutura pra receber, nossas pousadas e hotéis estão fechados, não estão recebendo ninguém, restaurantes estão fechados, barracas de praia. Então não é o momento pra população visitante vir à nossa Paracuru. E, pra ser mais firme, nós estamos também, a partir de amanhã, dia 9, a partir das 6h, fechando os limites do município com nossos municípios vizinhos”, afirmou o prefeito de Paracuru.

De acordo com ele, a determinação não vai dificultar a entrada dos próprios moradores no município. 

“As pessoas do Paracuru não vão ter dificuldades de chegar ao nosso município. É fácil de identificar, basta que tenha comprovante de endereço ou algum grau de parentesco, nossas equipes vão identificar facilmente. Qualquer dúvida, tem a equipe da Guarda Municipal. Nós não estamos pra dificultar a vida de ninguém, só não queremos absorver problemas que vêm de outros municípios aqui pra nossa linda Paracuru”, frisou. 

O município recebeu o valor de R$ 99 mil do Governo Federal para custear ações de combate ao novo coronavírus. Segundo o prefeito, o recurso está sendo destinado à aquisição de máscaras, luvas e medicamentos.

GUARAMIRANGA 

A prefeita de Guaramiranga, Roberlândia Ferreira Castelo Branco, baixou um decreto que determina o fechamento das principais entradas que dão acesso ao Município na terça-feira (7). 

A exceção do bloqueio do acesso é para residentes em Guaramiranga ou para pessoas que trabalhem em estabelecimentos cuja atividade tem sido mantida excepcionalmente ou para o transporte de mercadorias esseciais ou casos de urgência, diz o decreto. Ainda assim, é necessário apresentar um comprovante de endereço e um documento que comprove vínculo empregatíco. 

No caso das pessoas com segunda residência em Guaramiranga, o decreto determina que elas terão de cumprir uma quarentena mínima de 7 dias antes de irem embora da cidade. 

PIQUET CARNEIRO 

Em Piquet Carneiro, o decreto é válido até o próximo dia 20 de abril, e também determina a instalação de barreiras sanitárias nas entradas da cidade. 

Quem é da cidade ou realiza serviço considerado essencial no município vai precisar apresentar comprovante. 

Só vai ser autorizada entrada de transporte de carga de alimentos, água, produtos farmacêuticos ou outros insumos de necessidade essencial para a população. 

Os moradores de Piquet Carneiro que estejam retornando de cidades onde há casos registrados de transmissão comunitária da Covid-19 vão poder entrar no município, mas terão que permanecer em isolamento domiciliar mandatório, só sendo autorizada a liberação pela autoridade sanitária local. 

FORTIM

Desde quarta-feira (8), as duas entradas principais do município de Fortim, no litoral leste do Ceará, estão sendo fiscalizadas para que seja liberado o acesso apenas aos residentes ou às pessoas que prestam serviços considerados essenciais na cidade. Ou para casos de urgência. As determinações vigoram até o dia 20 de abril, conforme prevê decreto municipal publicado nesta quarta. 

Conforme o documento, as pessoas de segunda residência poderão deixar o município somente após cumprirem uma quarentena mínima de sete dias. Já o residente ou trabalhador que queira ingressar na cidade deve apresentar comprovante de endereço ou documento de inscrição no cadastro do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) ou ainda documento que comprove o vínculo empregatício nos estabelecimentos em funcionamento em Fortim.

BEBERIBE 

Decreto da Prefeitura de Beberibe, datado de 8 de abril, determina que a partir das 00h00 desta quinta-feira (9) todas as principais entradas de acesso ao município se manterão fechadas. Exceto para residentes ou pessoas que comprovem vínculo empregatício nos estabelecimentos da cidade, em casos de transporte de mercadorias essenciais ou em situações urgentes.

O morador ou trabalhador serão autorizados a entrar no município somente a partir da apresentação de comprovante de endereço ou documento de inscrição no cadastro do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) ou documento que comprove o vínculo empregatício.
As pessoas de segunda residência também devem cumprir a quarentena de sete dias antes de voltarem a atravessar os limites do município.

SÃO LUÍS DO CURU

A Prefeitura de São Luís do Curu decretou que, a partir das 12 horas desta quinta, as vias de acesso ao município permanecerão fechadas, sendo expressamente proibida a entrada de visitantes e turistas. O documento, entretanto, não faz nenhuma menção quanto à apresentação de documentos ou cumprimento de quarentena para que a permissão seja concedida, como fizeram os demais municípios. O decreto também não detalha se será permitida ou não a entrada de trabalhadores com vínculo empregatício em estabelecimentos da cidade ou daqueles que precisam fazer entregas de insumos nestes locais.

Já os moradores, bem como os seus parentes, terão acesso à cidade mediante comprovação do domicílio e parentesco. Todas as determinações vigoram até o dia 20 de abril, de acordo com o fim do decreto estadual que impôs medidas restritivas de funcionamento ao comércio no Ceará.

SÃO GONÇALO DO AMARANTE

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante restringiu o acesso de visitantes e veículos ao distrito da Taíba, por 12 dias. O decreto que autoriza a medida foi assinado nesta quarta-feira (8).

O acesso está liberado apenas para pessoas que trabalham em estabelecimentos que prestam serviços essenciais, como bancos, lotéricas e supermercados. Porém, o vínculo empregatício deverá ser atestado, mediante apresentação de algum documento.

Os moradores, se necessitarem se deslocar do distrito para outras regiões, precisarão comprovar residência fixa através de comprovante de endereço.

Já as pessoas que são proprietárias de uma segunda residência na Taíba, e que quiserem ingressar no distrito, deverão necessariamente cumprir sete dias de isolamento domiciliar.

ARACATI

A Prefeitura Municipal de Aracati determino o fechamento de todas as vias que dão acesso ao município por meio de barreiras, no período do Feriado Nacional da Semana Santa que compreende os dias 9, 10, 11, 12 e 13 de abril. O decreto foi assinado nesta quarta-feira (8) e já está em vigor.

JIJOCA DE JERICOACOARA

A prefeitura de Jijoca de Jericoacoara proibiu a entrada de visitantes e turistas na cidade por meio de um decreto assinado no dia 6 de abril e válido por 15 dias, o que inclui o feriado da Semana Santa. O documento é válido até o dia 20 desse mês.

MULUNGU

A prefeitura de Mulungu restringiu a entrada de visitantes na cidade por meio de decreto assinado nesta quinta-feira (9). De acordo com o documento, desde as 14 horas de hoje, só é permitida a entrada de moradores e cidadãos do próprio município. Residentes e trabalhadores que ingressarem no município deverão apresentar documentos que comprovem o vínculo com a cidade.

ICAPUÍ

A prefeitura da cidade instalou barreiras sanitárias para controlar a entrada na cidade, que só será permitida a moradores e trabalhadores devidamente documentados. Atenção maior será dada ao bloqueio na do Ceará com Rio Grande do Norte que passa pelo município e no “Triângulo” que liga a cidade à vizinha a Aracati.

Quem tiver Icapuí como segunda residência poderá acessar a cidade, mas deverá cumprir uma quarentena de sete dias antes de deixar o município. As medidas valem até o domingo (12).

(Diário do Nordeste)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More