sábado, 11 de abril de 2020

WELLINGTON MACEDO É INOCENTADO DE UMA SÓ VEZ EM 60 PROCESSOS

O jornalista Wellington Macedo, autor do documentário "A educação do mal", que denunciou em 2018, as fraudes e manipulação de dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica - Ideb, de Sobral no Ceará, venceu os 60 processos que respondia na justiça, demandados pelas diretoras das escolas municipais de Sobral, desde outubro de 2018. Elas alegavam dano moral e cobravam a quantia de 38 mil reais cada.

A justiça entendeu que todas elas usaram de má-fé e houve abuso do direito de petição, caracterizando ainda que houve ajuste entre as partes autoras para demandar contra o jornalista, com nítido intuito de prejudicar e onerar o profissional. As diretoras foram multadas em 5% do valor da causa e condenadas ainda a pagar 10% das custas de honorários dos advogados de Wellington Macedo. A decisão foi publicada na tarde dessa última quinta-feira 9. Os advogados do jornalista devem entrar com pedido de bloqueio das contas bancárias de todos os autores, já no início da próxima semana, afim de garantir o pagamento o cumprimento da decisão da justiça.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More