ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON: (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

BLOG SOBRAL 24 HORAS: + DE 204 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES!

terça-feira, 12 de maio de 2020

Coronavírus chegou ao Brasil antes do Carnaval, diz estudo

Estudo da Fiocruz utiliza metodologia com base nos registros de mortes pelo coronavírus.
Um estudo do Instituto Oswaldo Cruz, da Fiocruz, apontou que a circulação do coronavírus no Brasil começou na primeira semana de fevereiro, mais de 20 dias antes do primeiro caso ter sido diagnosticado e do Carnaval. 

Os pesquisadores desenvolveram um novo método, utilizando os registros de óbitos por Covid-19 para identificar o início da transmissão.

Daiana Mir, pesquisadora da Udelar (Universidade da República), do Uruguai, que participou do estudo, declarou:

“Observando os dois países onde já existe grande número de genomas sequenciados —China e Estados Unidos—, constatamos que a estimativa obtida a partir do número de mortes foi semelhante à obtida a partir da análise genética, validando a nova abordagem.”

Outras evidências reforçam que a transmissão local do coronavírus no país começou no início de fevereiro. 

De acordo com o InfoGripe, sistema da Fiocruz que monitora as hospitalizações de pacientes com SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave), análises moleculares detectaram um caso de infecção pelo novo coronavírus entre 19 e 25 de janeiro. 

Já o aumento sustentado no número de infecções foi observado entre os dias 2 e 8 de fevereiro.

O pesquisador do Laboratório de Aids e Imunologia Molecular do IOC/Fiocruz, Gonzalo Bello, coordenador da pesquisa, completou:

“Esse período bastante longo de transmissão comunitária oculta chama a atenção para o grande desafio de rastrear a disseminação do novo coronavírus e indica que as medidas de controle devem ser adotadas, pelo menos, assim que os primeiros casos importados forem detectados em uma nova região geográfica.”

O estudo foi realizado pelo Laboratório de AIDS e Imunologia Molecular do IOC/Fiocruz em parceria com a Fiocruz-Bahia, a Ufes (Universidade Federal do Espírito Santo) e a Udelar, no Uruguai, destaca o jornal Folha de S.Paulo.

5 comentários:

Claro que essa desgraça chegou aqui antes do carnaval,o correto seria ter cancelado essa merda de festa que não acrescenta nada ao pais

Com certeza chegou antes pra ser disseminado durante o carnaval, se chegasse depois seria mais difícil de disseminar.

Imagina quando a população souber das autopisas da itália,


Imagina quando a população souber que não precisa de respirador....


Imagina ai...Quando souberem que o tratamento não é respirador...


Povo do ceará é atrasado demais.

Anônimo 22:41,se vc sabe tudo então conte pra nós...Mas tem que ter fontes confiáveis,fontes tipo "Li no zap" ou "Vozes da minha cabeça" não valem

Oh céus,oh água,oh terra oh ar! E agora, quem poderá nos salvar!kkkkkk. Povo tá assistindo muitos filmes e não sabendo interpretar!

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More