sexta-feira, 15 de maio de 2020

Vereador impede barbearia de ser fechada: "É lei federal"

Caso aconteceu em Vitória da Conquista, na Bahia.
O vereador Davi Salomão (PRTB) impediu que fiscais do governo municipal de Vitória da Conquista, na Bahia, fechassem uma barbearia que abriu as portas. Aos fiscais, Salomão afirmou que o estabelecimento estava seguindo o decreto federal do presidente Jair Bolsonaro, que inclui salões de beleza, barbearias e academias no rol de serviços essenciais.

– Isso é abuso de autoridade. Me respeite, rapaz. Você não está acima a lei, não. É lei federal. Quem é você para descumprir a lei federal? Chama esse ladrão desse prefeito. Esse corrupto descarado. […] Chama esse bode velho aqui – esbravejou, citando o prefeito Herzem Gusmão Pereira.

No vídeo, o parlamentar é visto afixando uma cópia do decreto federal na porta da barbearia.

Ao portal BNews, Salomão informou que foi chamado no local pelos donos da barbearia.

– Estou orientando os donos dos estabelecimentos que abram seus respectivos comércios. O prefeito não está acima da Constituição Federal – destacou.

Ainda sobre as acusações de corrupção contra o prefeito, Salomão disse não temer um processo e que pode provar o que disse.

– Eu inclusive provo. O vereador é inviolável por suas opiniões, palavras e votos. Estou disposto a sustentar tudo o que falei em juízo – disse.

Fonte: Pleno News

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More