terça-feira, 9 de junho de 2020

PF investiga desvios no combate ao coronavírus em São Luís

Batizada de “Cobiça Fatal”, a operação da PF mira superfaturamento na compra de máscaras.
A Polícia Federal (PF) e a Controladoria-Geral da União (CGU) realizam, nesta terça-feira (9), uma operação em São Luís, capital do Maranhão, e na cidade vizinha de São José do Ribamar.

De acordo com a nota da PF, a corporação apura desvios na área da saúde no combate ao novo coronavírus.

60 agentes da PF estão nas ruas cumprindo 3 mandados de prisão temporária e 14 de busca e apreensão.

De acordo com o órgão, a operação “Cobiça Fatal” também realizou bloqueios de contas bancárias dos investigados que, juntas, somam R$ 2,3 milhões.

As investigações da PF apontam indícios de superfaturamento na compra de 320 mil máscaras pela Secretaria de Saúde de São Luís.

As máscaras custaram aos cofres públicos R$ 9,90 a unidade, mas, de acordo com a PF, a média de preço do produto no mercado é de R$ 3,17.

Curiosamente, dias antes da compra, a Secretaria de Saúde de São Luís havia comprado o mesmo tipo de máscara de uma outra empresa no valor de R$ 2,90 cada.

(Renovamídia)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More