quinta-feira, 30 de julho de 2020

PF cumpre mandados contra propina no transporte do RJ

Ação mira pagamentos feitos por empresas de ônibus do transporte público.
A Polícia Federal (PF) realiza, na manhã desta quinta-feira (30), uma operação para cumprir mandados de busca e apreensão em endereços de bairros das Zonas Sul e Oeste da capital fluminense. Intitulada de Ponto Final, a ação mira pagamentos de propina feitos por empresas de ônibus do transporte público.

Os desdobramentos desta quinta são parte da segunda fase da operação. Entre os locais visitados pela PF estão a sede da Viação Costa Verde, em Bonsucesso, Zona Norte da capital, e um endereço residencial no Leblon, na Zona Sul. Não há mandados de prisão a cumprir.

Os mandados foram expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. De acordo com as investigações, um dos alvos na operação mantém conta em uma instituição financeira localizada na Holanda. A quantia se refere a valores obtidos, através de propina, para beneficiar empresários do setor de transportes públicos durante os anos de 2010 a 2016.

A Ponto Final foi desencadeada em 2017 como um desdobramento da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro e teve entre os alvos o empresário Jacob Barata Filho, conhecido como “rei dos ônibus”. Barata Filho integrava o quadro de sócios de mais de 25 empresas do setor e era acusado de pagar mais de R$ 270 milhões de propina a agentes públicos, entre eles o ex-governador Sérgio Cabral.

(Pleno News)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More