BLOG SOBRAL 24 HORAS - MAIS DE 206 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES

quinta-feira, 30 de julho de 2020

VIOLÊNCIA: Polícia suspeita que mulher foi morta em Caucaia por ordem do chefe de facção

Quatro pessoas, entre elas um adolescente, foram detidas pela Polícia nas investigações que apuram o assassinato de uma mulher de 33 anos no Município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O crime foi filmado pelos assassinos e o vídeo postado nas redes sociais. Para a Polícia, a morte de Maria Elivânia de Freitas Sousa, 33 anos, foi mais um crime ordenado pelo chefe de uma facção criminosa que atua naquela cidade e que se tornou o bandido mais procurado no Ceará, atualmente.

Elivânia foi morta com quatro tiros na cabeça na tarde da última terça-feira (28), no bairro Tabapuazinho. Ela estava na porta de casa quando um grupo de bandidos armados apareceu na rua já com armas nas mãos e um celular com a câmera fotográfica ligada. Nas imagens, o bando segue até onde a mulher estava e o fuzilamento acontece rapidamente.

A Polícia suspeita que a morte da mulher seja uma represália do chefe da facção Comando Laje (CL), que é comandada pelo bandido Darlan Alban Batista Guerra, o “Dente de Ouro”, que continua sendo caçado pelas autoridades.

Foragido e recompensa

Contra Darlan há vários mandados de prisão e uma recompensa de R$ 10 mil oferecida pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) para quem der informações que possibilitem sua capturada. Ele já escapou de vários cercos em matas e na área de mangue em Caucaia, onde havia montado acampamentos com seus comparsas.

Há duas semanas, seu principal parceiro, o bandido Cilas Ferreira de Aquino, foi capturado numa operação da Polícia Civil, através da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), em Teresina, Capital do Piauí, onde estava morando há dois anos, usando identidade falsificada.

Mandou matar

Darlan teria ordenado a morte da mulher por acreditar que ela tenha sido orientada por uma facção rival a levar o próprio companheiro, um bandido conhecido por “Saci”, para o local onde ele acabou sendo assassinado. O crime ocorreu no último fim de semana. “Saci” seria um dos “soldados” do tráfico e de facção de Darlan.

O vídeo com a mulher sendo morta na rua foi postado pelos próprios assassinos nas redes sociais e em aplicativos.

(Blog Fernando Ribeiro)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More