quarta-feira, 12 de agosto de 2020

Pandemia da bala: guerra de facções causa o assassinato de dois jovens no Crato

Um duplo assassinato foi registrado na madrugada desta quarta-feira (12), na cidade do Crato, na Região do Cariri (a 540Km de Fortaleza). Um adolescente de 15 anos de idade e um jovem de 23 anos, foram mortos, a tiros, por criminosos. A Polícia Militar está em diligências na tentativa de identificar e prender os assassinos. Há suspeitas de mais um crime na guerra de facções que, além da Grande Fortaleza, avança também no interior do estado.

O crime ocorreu em uma residência localizada no bairro Cidade Alta, na periferia da cidade do Crato. De acordo com as primeiras informações colhidas pela Polícia Militar, os corpos dop adolescente e do rapaz foram encontrados crivados de bala da comunidade conhecida como os Sem-Terra. Equipes da Perícia Forense (Pefoce) de Juazeiro foram ao local para iniciar os trabalhos de praxe na investigação criminal que vai auxiliar a Polícia Civil a desvendar o caso.

Os corpos dos jovens foram encaminhados ao Núcleo Regional da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) na Região do Cariri, sediado em Juazeiro do Norte.

Outros crimes no interior

Um ex-presidiário, identificado como Francisco William de Sousa Alves Oliveira, 28 anos, foi assassinado a golpes de faca dentro de sua residência, localizada na Rua do Sossego, bairro Alto do Cristo, na periferia da cidade de Sobral, na zona Norte do estado. O corpo foi encontrado na manhã de ontem pelos vizinhos. O crime, provavelmente, ocorreu durante a madrugada, sem testemunhas.

Em São Benedito, o pedreiro Eronildo da Silva Moraes, 52 anos, foi morto a tiros na manhã desta terça-feira (11). O crime aconteceu no bairro ABC. Eronildo foi baleado ao tentar proteger o filho Naílton, 21 anos, com quem estava trabalhando na reforma de uma residência.

(Fernando Ribeiro)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More