segunda-feira, 5 de outubro de 2020

Padre é preso na cidade de Conde (PB) e faz fortes acusações à prefeita

O padre Luciano Gustavo Lustosa da Silveira, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Conde foi preso na manhã deste sábado (3) após mandar trocar a cor do monumento da igreja ( Video com o momento ds prisão ao fim da matéria ). Segundo informações obtidas pelo ClickPB, a solicitação da mudança já havia sido feita desde julho, mas a prefeita Márcia Lucena (PSB) teria autorizado a troca da pintura do Cruzeiro, que é originalmente marrom para azul.

Segundo o religioso, o monumento é de pertencimento da paróquia e não da prefeitura. Ele foi conduzido à delegacia de Alhandra, pela Guarda Municipal.

“...É uma coisa absurda! A gente fica de boca aberta diante dos desmandos, da arbitrariedade, do autoritarismo. Sabemos que existe um viés comunista nisso, né? E sabemos que, quem é comunista, odeia igreja, odeia padre, tudo que é religioso, persegue, é autoritário e não tem caridade com ninguém!”, disse o religioso.

A ação de prender o religioso foi repudiada pela população da cidade. Segundo informações preliminares da comunidade a gestora que é candidata à reeleição teria uma relação estremecida com os cristãos da cidade. 

Por sua vez, Márcia se defende afirmando que tudo foi armado para prejudicá-la.

“Eu não mandei prender ninguém. Pessoalmente, eu não faria isso de forma alguma. Também não existe ordem do comando da Guarda Municipal”, disse a prefeita, que prometeu entrar com uma ação contra o religioso.

O ClickPB tentou saber os motivos da Guarda Municipal conduzir o padre à delegacia, mas até o momento aguarda resposta.

Confira o documento em que o padre solicita a alteração:
Vídeo do momento da prisão:

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More