sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Vazamento de áudio envolvendo deputado completa três meses sem desfecho

Deputado Estadual, Bruno Gonçalves (PL), que também é candidato a prefeito de Aquiraz, foi gravado oferecendo dinheiro em troca de apoio eleitoral para a base do prefeito Roberto Cláudio (PDT) para as eleições desse ano à Prefeitura de Fortaleza.

O caso “Bruno Gonçalves”, deputado estadual pelo PL que se envolveu num escândalo de compra de votos após vazamento de áudio gravado de dentro de seu gabinete da Assembleia Legislativa, segue sem desfecho ou punição ao parlamentar.

O deputado, que também é candidato a prefeito de Aquiraz, foi gravado oferecendo dinheiro público em troca de apoio eleitoral para a base do Prefeito Roberto Cláudio (PDT) para as eleições desse ano à Prefeitura de Fortaleza.

Segundo especialistas do Direito, o deputado Bruno Gonçalves cometeu os crimes de “Corrupção, Caixa 2, Organização Criminosa, Peculato e Concussão”.

O caso repercutiu negativamente no Ceará, e fez com quê o Ministério Público do Ceará abrisse um processo de investigação sobre o caso, que corre em segredo de justiça, ainda sem desfecho ou punição às vésperas das eleições municipais.

Em tempo, o deputado manifestou-se nas redes sociais informando que comprovaria sua inocência.

Fonte: Revista Ceará

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More