SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

quinta-feira, 20 de maio de 2021

Transporte intermunicipal volta a circular em Sobral depois 97 dias de paralisação

A paralisação afetou financeiramente motoristas, donos de empresas e passageiros que dependem das vans para trabalhar ou resolver outras coisas em Sobral.

De acordo com o decreto promulgado no domingo (16/5), pelo prefeito de Sobral, o transporte intermunicipal voltou a funcionar nesta quarta-feira (19/5), com capacidade reduzida de 50%, depois de 97 dias de paralisação. O serviço deixou de operar no dia 8 de fevereiro com o decreto do lockdown em Sobral.

A paralisação das vans vindo de outros municípios para Sobral e o fechamento do comércio dentre outros estabelecimentos devido ao aumento de casos e mortes causados pelo corona vírus tem sido crucial para empresários que concordam ou não com o lockdown. O prejuízo para os negócios são incalculáveis e há neste momento a possibilidade de tudo voltar a funcionar normalmente, mas ainda está longe do movimento ficar como antes.

Motoristas e donos de empresas de transportes tiveram que se virar com outras atividades para complementar a renda. Para os passageiros de outras cidades que trabalham em Sobral ficou mais difícil ainda. Alguns perderam o emprego por não terem transporte e outros tiveram que trocar sua cidade por Sobral.

A dona de casa Maria de Fátima que mora em Meruoca disse que foi muito difícil o período de paralisação do transporte. “Quando a gente precisava resolver alguma coisa em Sobral tinha que mototáxi mais caro e com a volta das vans fica melhor para nós”.

O motorista da van da linha Sobral/Meruoca conhecido como Biscoito disse que os motoristas e donos de empresas de transportes enfrentaram muitas dificuldades. “A gente queria que o prefeito de Sobral se sensibilizasse mais um pouquinho e liberasse mais passageiros porque só podemos circular somente com 50% da nossa capacidade”. Disse o motorista.

Por Edwalcyr Santos / Portal Paraíso

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More