SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

segunda-feira, 1 de novembro de 2021

Conta de luz para os mais pobres fica mais barata em novembro

Na noite desta sexta-feira (29), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que a conta de energia das famílias de baixa renda que participam da Tarifa Social de Energia Elétrica ficará mais barata em novembro. Os demais consumidores continuam pagando a bandeira escassez hídrica, mais cara.

Até outubro, os clientes da Tarifa Social estavam sendo cobrados pela bandeira vermelha 2, que custa R$ 9,49 a cada 100 quilowatts-hora (kWh).

A cobrança para os mais pobres deixará de ter o adicional da bandeira vermelha patamar 2 e passará para a bandeira amarela, equivalente a R$ 1,87 para cada 100 kWh consumidos no mês.

Têm direito a tarifa social as famílias que estão inscritas no CadÚnico (Cadastro Único) para programas sociais do governo federal, com renda familiar mensal por pessoa menor ou igual a meio salário mínimo nacional, idosos acima de 65 anos ou pessoas com deficiência que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social).

(Gazeta Brasil)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More