SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

domingo, 7 de novembro de 2021

Legista fala de politraumatismo em acidente com Marília

As amostras genéticas de Marília Mendonça e das outras quatro vítimas envolvidas no acidente de avião em Caratinga (MG) chegaram ao Instituto Médico Legal (IML) de Belo Horizonte. Elas passarão por exames de alcoolemia e de toxicologia em equipamentos de última geração.

Segundo os peritos do caso afirmaram em entrevista coletiva, os trabalhos investigativos já iniciaram no local do acidente, mas ainda são necessários exames complementares.

O legista responsável declarou, nesse sábado (6), que as vítimas provavelmente sofreram politraumatismo, causa de morte recorrente em acidentes aéreos. Esse tipo de situação ocorre quando há lesão grave de ao menos dois órgãos ou duas partes distintas do corpo, em razão de uma força de choque ou colisão.

Isso ocorre porque, ainda que o corpo da pessoa fique parado no avião em movimento, os órgãos internos mantêm a velocidade. Pelo fato de os órgãos não estarem totalmente presos, eles acabam se chocando com muita força contra ossos, músculos e pele, gerando traumatismos.

A polícia, no entanto, aguarda a conclusão dos laudos para informar oficialmente a causa das mortes. Segundo especialistas, fluidos, sangue, urina, órgão, vísceras e tecidos serão analisados, e os resultados devem sair entre 10 e 15 dias.

Os próximos passos da investigação também incluem ouvir testemunhas que acompanharam os momentos anteriores ao acidente.

(Pleno News)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More