SOBRAL RASTREADORES - (88) 99975.7272 / 99299.9212

segunda-feira, 1 de novembro de 2021

Saiba os sintomas da doença mão-pé-boca, que está causando surto em cidades do Brasil

Chapecó, em Santa Catarina, Ourinhos, em São Paulo, e outras cidades do Brasil estão enfrentando surtos da chamada doença mão-pé-boca, que atinge principalmente crianças. O vírus é comum nessa época do ano, mas é preciso ficar atendo aos sintomas e evitar o contágio.

Na cidade catarinense, 63 casos positivos foram registrados em crianças de pelo menos oito escolas diferentes desde o último dia 29 de setembro. No município paulista, 63 também foram atendidas na rede hospitalar com sintomas da infecção.

Segundo a prefeitura de Ourinhos, o vírus costuma registrar um aumento de casos em crianças nesta época do ano. No entanto, em 2021, o crescimento está sendo maior do que o previsto. As autoridades acreditam que a causa seja o retorno às aulas presenciais após um longo período de isolamento em casa.

De acordo com o Ministério da Saúde, a doença mão-pé-boca é uma enfermidade contagiosa causada pelo vírus Coxsackie da família dos enterovírus que habitam normalmente o sistema digestivo e também podem provocar estomatites, um tipo de de afta que afeta a mucosa da boca. Apesar de também poder contaminar adultos, ela é mais comum em crianças com menos de cinco anos, por isso geralmente aparece em escolas primárias e creches.

Sintomas da doença mão-pé-boca

Os sintomas, além da estomatite, incluem febre, manchas vermelhas na boca, mal-estar, falta de apetite, vômitos, diarreia, dores no corpo, bolhas e erupções na pele, entre outros do tipo.

A transmissão acontece através do contato direto entre pessoas contaminadas ou através de secreções ou alimentos com o vírus. Mesmo depois de recuperada, a pessoa pode transmitir o vírus pelas fezes durante aproximadamente quatro semanas. O período de incubação oscila entre um e sete dias.

Não existe um tratamento específico para a doença mão-pé-boca. Segundo a Saúde, a doença regride de forma espontânea depois de alguns dias. No entanto, podem ser necessários medicamentos para controlar os sintomas. Como é uma doença contagiosa, a recomendação é que o infectado evite sair de casa durante o período.

(Yahoo)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More