terça-feira, 18 de janeiro de 2022

Início das aulas em Sobral é remarcado por conta do alerta de casos de covid e gripe

A medida segue o que determina o novo decreto municipal, por conta do aumento do número de casos das duas doenças respiratórias, que têm levado muita gente aos postos de saúde.

Com a marca de 171 novos casos de covid-19, registrados nas últimas 24h, a Secretaria de Educação de Sobral resolveu remarcar o início das aulas no município. Aguardado para começar no próximo dia 24, o ano letivo de 2022, da rede pública municipal de ensino foi adiado, com previsão que tenha início no dia 1° de fevereiro, segundo o decreto municipal nº 2.850, de 15 de janeiro de 2022. Assim, ficam suspensas, ainda, as aulas presenciais nas escolas da rede privada de Ensino Infantil, Fundamental e Médio, compreendendo os dias 17 a 21 de janeiro, quando as escolas poderão adotar o ensino remoto.

Ao todo, o município confirma 28.828 infecções, desde o início da pandemia, em março de 2020. De lá para cá, foram realizados 76.551 testes. Por conta, também, dos crescentes casos de gripe, o novo decreto determina que as escolas públicas e privadas deverão exigir o passaporte sanitário de seus professores e colaboradores. Os servidores das escolas também precisarão, a partir de agora, adotar o uso de máscara PFF2, N95, ou similar, durante o expediente.

O decreto municipal segue as recomendações do Governo do Estado, com o objetivo de conter o avanço no número de casos de Covid-19 e de síndromes gripais no município. O Poder Público continuará monitorando o índice de transmissão da Covid-19 e de gripe, seguindo as recomendações do Comitê Estadual de Combate à Pandemia.

A Secretaria de Educação segue com a entrega dos kits de material escolar, até o dia 28 deste mês, atendendo a demanda dos estudantes da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Além do material escolar, os estudantes também recebem mochila, fardamento completo, agenda escolar, squeeze, máscara e álcool em gel.

Cerca de 34 mil estudantes das 73 escolas municipais e Centros de Educação Infantil devem receber o material escolar e fardamento completos, com investimento de cerca de R$ 4,2 milhões. Os recursos são provenientes do Tesouro Municipal.

(Marcelino Jr / Sistema Paraíso)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More