sábado, 22 de janeiro de 2022

Passageiros da TranSol de Sobral reclamam de superlotação; vídeo

Passageiros que utilizam o transporte público TranSol em Sobral entraram em contato de forma anônima com o Sistema de Comunicação Paraíso para reclamar da superlotação.

Nossa equipe de reportagem averiguou a situação por dois dias, na parada do Mercado Público de Sobral, pela manhã nos horários de 9 e 12 horas. Ontem (20), acompanhamos uma linha da TranSol Centro-Renato Parente. Analisamos que, antes de iniciar o trajeto, o motorista alertou todos com o uso obrigatório de máscara e a auxiliar passou de poltrona em poltrona oferecendo álcool em gel para os passageiros, mas até o final de nossa viagem, não houve a exigência do passaporte de vacina.

Como no presente momento não foi constatado a superlotação informada pela população, voltamos no dia seguinte, (21). No mesmo local informado, por volta de 9 horas, foi confirmada a superlotação. Entraram mais pessoas que o total de assentos e, vale acrescentar que a situação gerada é bem em época de grande transmissão da Covid-19, onde as autoridades alertam para não aglomerar. Insegurança e medo de contrair o vírus da Covid-19 ou gripe preocupam os usuários da linha de transporte.

“Fica gente com máscara, mas também fica gente sem máscara. Eles não dizem nada. A gente se sente desrespeitado com o tanto de gente dentro desse ônibus.”, comenta a empregada doméstica, Carla Andrade.

Populares que não quiseram ter o nome divulgado afirmaram que entraram ainda menos pessoas porque a equipe de reportagem Paraíso estava lá. A passageira ainda afirma que existem horários em que não sobra espaço dentro do veículo. “Eles enchem de gente dentro. 11 horas da manhã você pode vir aqui ver que está lotado de gente”.

Confira no vídeo como funcionou a entrada de pessoas:
Por Ana Karine / Sistema Paraíso

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More