sábado, 12 de fevereiro de 2022

Homem investigado por crimes de furto qualificado é preso em operação da Polícia Civil em Sobral

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) cumpriu um mandado de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem suspeito de furto qualificado em Sobral – Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14) do Estado. A ofensiva ocorreu, na tarde desta sexta-feira (11), no bairro Padre Palhano.

Durante as diligências, os policiais do Núcleo de Roubos e Furtos (NRF) da Delegacia Municipal de Sobral localizaram Francisco Elvis Rodrigues Silva (30) em sua residência. Elvis é investigado por furtos qualificados, ocorridos em novembro e dezembro de 2021 e janeiro de 2022, em barramentos de energia que seriam instalados na reforma do Centro Histórico de Sobral. O suspeito é um ex-funcionário da empresa responsável.

Com as buscas, foram encontrados diversos materiais furtados dos barramentos de instalações elétricas, além de ferramentas, peças de cobre e a motocicleta que teria sido utilizada nos furtos. Em novembro de 2021, Elvis foi flagrado por uma câmera de segurança no momento em que estaria retirando as peças das instalações elétricas. As imagens ajudaram os trabalhos de investigação a identificar o suspeito. Além de Elvis, a PC-CE indiciou outras duas pessoas suspeitas de envolvimento no crime.

Operação Lúmen

No dia 4 de fevereiro, a Polícia Civil desencadeou uma operação em Sobral, que resultou nas apreensões de 145 kg quilos de fios de cobre furtados e nove pessoas presas.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As informações podem ser direcionadas para o (88) 3677-4711, o número de WhatsApp da Delegacia Regional de Sobral, pelo qual podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias podem ser encaminhadas ainda para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp. O sigilo e o anonimato são garantidos.

(SSPDS/CE)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More