quarta-feira, 29 de junho de 2022

Brasileiro é aprovado em quase 30 universidades dos EUA por habilidades em jogos on-line

Matheus Guimarães Montenegro, 20 anos, foi aprovado em quase 30 universidades dos EUA devido a suas habilidades no jogo on-line Fortnite. Morador de São Vicente (SP), o jovem decidiu que vai para a Oklahoma Christian University, onde conseguiu uma bolsa de estudos de 75% no valor da mensalidade. Estudante de escola pública, o rapaz foi aprovado com bolsas entre 50% e 75% nas quase 30 universidades.

Montenegro vai cursar ciência da computação e deve iniciar a jornada em agosto deste ano. Durante o processo seletivo, o jovem gravou os melhores momentos no jogo e enviou para as instituições. O Fortnite é um jogo de battle royale — em que o jogador explora lugares e objetos e luta por sobrevivência. No final, o último sobrevivente é o vencedor.

O paulista é um jogador assíduo do gamedesde os 10 anos de idade. Contudo, ele não imaginou que seu hobby pudesse ajudar a realizar um grande sonho: morar nos EUA. “Descobri o processo de estudar fora do Brasil em 2021,” disse Montenegro, em entrevista ao G1, na segunda-feira 27. “Entretanto, não sabia sobre o e-sports[competição em jogos eletrônicos] nas universidades norte-americanas.”

No fim do ano passado, o jovem conheceu na internet outro brasileiro aprovado em pouco mais de 30 universidades como atleta de Fortnite. “Mandei uma mensagem para ele e ele me ensinou o básico”, observou Montenegro. Na tentativa de aperfeiçoamento, Matheus quase fez uma mentoria com o colega. Mas o valor cobrado era alto — quase R$ 12 mil. Assim, o paulista decidiu tentar sozinho. Montenegro entrou em contato com cada faculdade por um aplicativo de voz da comunidade de jogos. “Essa é uma forma bem mais rápida de conversar com as universidades”, disse.

As notas do ensino médio, carta de recomendação dos professores, atividades extracurriculares e redações precisaram ser apresentadas por Matheus. Um teste de inglês e uma entrevista também foram etapas para a aprovação nas instituições.

(Terra Brasil Noticias)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More