ANUNCIE AQUI NO SOBRAL 24 HORAS E EM NOSSAS REDES SOCIAIS

quinta-feira, 13 de outubro de 2022

PT tenta censurar a Gazeta do Povo outra vez

O PT ampliou as investidas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a Gazeta do Povo. Na terça-feira 11, o partido de Lula entrou com uma ação para censurar a reportagem Relacionamento entre Lula e ditador da Nicarágua está bem documentado. Trata-se da segunda notícia do jornal que a sigla tenta derrubar.

Além de tirar o texto do ar, o PT quer impedir a Gazeta do Povo de publicar novas informações sobre Lula e o ditador da Nicarágua, Daniel Ortega. o pedido do PT será analisado pelo ministro Paulo de Tarso Sanseverino.

Na ação, o PT argumentou que Lula não apoia a ditadura da Nicarágua. “Fatos sabidamente inverídicos”, afirmaram os advogados de Lula. “As publicações dessa natureza são compartilhadas e espalhadas em velocidade exponencial, de modo a aumentar significativamente o alcance das desinformações aos eleitores e às eleitoras, ampliando, desta forma, o impacto negativo das publicações objeto desta representação”, sustentou o PT, no documento.

A equipe jurídica do jornal informou que o segundo pedido de censura “é muito mais amplo”, pois pretende-se “impedir publicações sobre o tema”. Por isso, foi protocolada no TSE uma defesa preliminar, com o objetivo de que a defesa seja ouvida antes da decisão sobre a censura.

Também são alvo do pedido de censura outros perfis em redes sociais que repercutiram o caso. Além da Gazeta do Povo, a coligação de Lula pede a remoção de conteúdos publicados por 12 páginas:
  • Rodrigo Constantino;
  • Deputada federal Carla Zambelli (PL);
  • Deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL);
  • Filipe Martins, assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência da República;
  • Adolfo Sachsida, ministro de Minas e Energia;
  • A empresa Azcomm de Comunicação;
  • Barbara Zambaldi Destefani;
  • Alan Ghani;
  • Alan Nader Ackel Ghani;
  • Perfil Stark;
  • Rafael Fontana;
  • Sérgio Vitória.
(Terra Brasil Notícias)

1 comentários:

Pelos históricos de proibições notados de alguns políticos, ministros, chefe ou líder de alguma coisa aqui no Brasil, já nota uma pré-censura Venezuelana ou País de esquerda

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More