ANUNCIE AQUI NO SOBRAL 24 HORAS E EM NOSSAS REDES SOCIAIS

domingo, 6 de novembro de 2022

Nikolas Ferreira recupera Instagram, mas Twitter continua suspenso

O deputado federal eleito com mais votos no país, Nikolas Ferreira (PL), recuperou acesso à sua conta no Instagram na noite deste sábado (5).

Ainda no sábado, seu perfil na rede social foi suspenso a pedido do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Na sexta-feira (4), Nikolas teve o perfil no Twitter retido, que segue indisponível, por alegação de disseminar notícias falsas contra as urnas eletrônicas.

Nikolas usou seu canal no Telegram para comunicar que teve as contas nas redes sociais suspensas.

“Tive minhas redes sociais derrubadas por pedir ao TSE que analisasse denúncias eleitorais. Em nenhum momento afirmei, somente pedi para averiguar”, escreveu. As decisões sobre a suspensão das contas correm em sigilo.

A postagem foi feita junto a uma foto na qual Nikolas aparece com fitas adesivas pretas coladas à sua boca, em protesto à censura da Justiça Eleitoral. “Compartilhe essa informação com essa foto. A verdade prevalecerá”, afirmou.

Na sexta-feira, o deputado eleito postou uma live transmitida pelo consultor político argentino Fernando Cerimedo, responsável pelo portal de notícias La Derecha Diario, alegando que versões anteriores ao modelo de 2020 da urna eletrônica não seriam auditáveis e teriam contabilizado menos votos ao presidente Jair Bolsonaro no 2º turno das eleições.

O relatório de Cerimedo também foi mencionado pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) no Twitter. Fotos nas redes sociais mostram uma proximidade entre o filho mais novo do presidente e o consultor argentino.

Em vídeo postado no YouTube no início da tarde deste sábado (5.nov), Nikolas negou ter espalhado desinformação nas redes e disse apenas ter cobrado respostas da Justiça Eleitoral aos questionamentos levantados por Cerimedo. Ele comparou o processo a uma operação policial.

“Imagina você que pega aí o seu celular e fala: ‘polícia, tô vendo alguma coisa aqui na minha rua meio estranha, não sei o que é, você pode vir aqui averiguar?’ e a polícia falar: ‘que averiguar o que, eu vou é te prender’. Olha que loucura isso”, criticou.

Com informações do Poder 360.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More