ANUNCIE AQUI NO SOBRAL 24 HORAS E EM NOSSAS REDES SOCIAIS

sexta-feira, 11 de novembro de 2022

Vida dupla: soldado mata "bofe" para namorada não descobrir relacionamento amoroso, diz delegada

O soldado do Exército João Victor Ausier Rodrigues, preso preventivamente pela Polícia Civil na tarde desta quinta-feira (10), em Belém, pelo envolvimento na morte do ex-militar da Aeronáutica Everson Almeida Barros de Oliveira, de 38 anos, com quem mantinha um relacionamento, revelou para a delegada Maria Lúcia Santos que ele não queria que a relação fosse exposta.

Segundo a delegada, João Vitor recebia presentes e quantias em dinheiro da vítima. Só que Everson sempre batia fotos e fazia vídeos de quando eles estavam juntos. “Ele (Everson) era possessivo”, disse Maria Lucia. Segundo ela, João também tinha uma namorada e tentava de todas as formas poupa-la para que essa informação não chegassem a ela. Em todas as brigas, a vítima sempre falava que iria contar e tornar pública a relação deles, porque eles tinham fotos e vídeos juntos”, disse.


Ciúmes e medo da exposição

Ainda de acordo com a delegada, a relação do suspeito com a vítima tinha contratempos. Everson ameaçava expor a relação dos dois à atual namorada de João Victor. “O suspeito (João Victor)

Família sabia da relação dos dois

Kelly Souza, prima de Everson, revelou que tinha conhecimento do relacionamento de quase dois anos entre o suspeito e a vítima. “Nós sabíamos do relacionamento deles dois. Inclusive o Victor (suspeito) tinha livre acesso a nossa casa. Participava de aniversários em família, dormia e acordava lá, almoçava conosco. Era um relacionamento sólido de quase dois anos”, disse.

Crime

Everson foi morto a tiros por uma dupla que o abordou de motocicleta. O caso aconteceu na madrugada do dia 13 de dezembro do ano passado, no bairro da Pedreira. João Victor, que está prestando serviço militar obrigatório ao Exército Brasileiro, foi encaminhado à Divisão de Homicídios, no bairro de São Brás.

Em conversa pelo telefone, a Divisão de Homicídios afirmou que era João Victor quem pilotava a moto utilizada no dia do homicídio. A polícia agora segue em busca do autor dos disparos. “Everson foi chamado pelo João Victor, que pilotava o veículo, enquanto o garupa atirou. Everson morreu na hora. Agora estamos realizando diligências para localizar o autor dos disparos, que segue foragido”, contou.

Fonte: Portal CM7

1 comentários:

Soldado mata namorado, já que o cara gosta de homem e mulher, não deveria levar relacionamento sério. Aí namora sério com o homem e com a.mulher, depois faz a burrada e tira a vida do inocente! Merece cadeia!

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More