sexta-feira, 6 de janeiro de 2023

Viçosa do Ceará vira oficialmente a capital da cachaça no Ceará, define lei

Viçosa do Ceará, cidade na Serra da Ibiapaba, se tornou oficialmente a capital da cachaça no Ceará, após sanção de uma lei pelo governador Elmano de Freitas nesta quinta-feira (5). A cachaça produzida em Viçosa é reconhecida nacionalmente por sua qualidade e quantidade.

Segundo relatório anual do Ministério da Agricultura (Mapa), a cidade tem a maior concentração de alambiques e cachaçarias em relação ao total registrado em estado dentre todas as federações.

Ao todo, são mais de 100 alambiques na Serra da Ibiapaba, dos quais 49 estão em Viçosa. “É uma alegria imensa não só para a população de Viçosa, mas também para toda a Serra da Ibiapaba. O Ceará todo ganha com esse título. Os nossos produtores vêm fazendo o belíssimo trabalho”, disse Franci Rocha, prefeito de Viçosa do Ceará.

O governador destacou que o título aprovado na Assembleia Legislativa do Ceará (Alce) reconhece a atividade econômica e fomenta o desenvolvimento e turismo na região.

“Nós temos uma forte cadeia produtiva de cachaça no Ceará. Muitos dos nossos produtores têm prêmios nacionais e internacionais. Temos muito orgulho disso. O Estado se compromete em dar continuidade ao diálogo para fortalecer o desenvolvimento desse setor econômico, muito importante para a geração de emprego na região”, afirmou Elmano de Freitas.

O reconhecimento também fortalece a posição do Ceará como terceiro produtor mais relevante do Brasil, conforme o Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac). O projeto de lei instituindo Viçosa do Ceará como a capital cearense da cachaça foi de autoria dos deputados estaduais Fernanda Pessoa e Danniel Oliveira.

Com informações do portal G1

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More