domingo, 9 de junho de 2024

DESEMBARGADORA DO TJ-BA vira ré no STJ por venda de decisões judiciais

Ilona Márcia Reis responderá por corrupção passiva, associação criminosa e lavagem de dinheiro; afastamento prorrogado por mais um ano.
A desembargadora afastada do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Ilona Márcia Reis, tornou-se ré no STJ, acusada de receber R$ 800 mil em propina pela venda de decisões judiciais. Ela responderá por associação criminosa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Dois advogados também foram denunciados pelo MPF e tiveram as acusações aceitas, enquanto um terceiro advogado teve a denúncia rejeitada. O STJ prorrogou o afastamento de Ilona por mais um ano. Ela está afastada desde o final de 2019, quando a Operação Faroeste foi deflagrada para investigar a venda de decisões judiciais em disputas de terras na Bahia.

com CNN

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More