CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...
PREÇO IMBATÍVEL! Vende-se CASA NOVA no Renato Parente. Contatos: (88) 9 9821.6636 / 9 9269.8424. Clique AQUI e saiba mais...

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Greve dos bancários já é a segunda maior da história

A última grande paralisação aconteceu há 12 anos.

Com as atividades paralisadas desde o dia 6 de setembro, os bancários decidiram em assembleia realizada nesta segunda-feira (3), pela continuidade do movimento grevista, que chega, com isso, ao 29º dia. A paralisação já é a segunda maior desde 2004, quando o movimento chegou a paralisar as atividades por 30 dias.

Segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), 56% dos profissionais aderiram à greve.

Segundo os bancários, a última proposta feita pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) aconteceu no dia 28 de setembro, quando foi oferecido reajuste de 7%, além de um abono de R$ 3,5 mil, com aumento real de 0,5% para 2017.

Os trabalhadores reivindicam reajuste de 14,78%, sendo 5% de aumento real, considerando inflação de 9,31%; participação nos lucros e resultados (PLR) de três salários acrescidos de R$ 8.317,90; piso no valor do salário-mínimo do Dieese (R$ 3.940,24), e vales-alimentação, refeição, e auxílio-creche no valor do salário-mínimo nacional (R$ 880). Também é pedido décimo quarto salário, fim das metas abusivas e do assédio moral.

Atualmente, os bancários têm um piso de R$ 1.976,10 (R$ 2.669,45 para os funcionários que trabalham no caixa ou tesouraria).
 
Fonte: CNEWS

1 comentários:

cut escrava do PT so estao em greve pq a dilma caiu aquela velha corrupta

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More