ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: CLIQUE AQUI E FALE COM O KELTON OU LIGUE (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Polícia captura menores e caça outros envolvidos na morte do universitário da Fametro

A Polícia está à procura de, ao menos, mais dois bandidos que estariam envolvidos no assalto e morte que aconteceu na noite desta segunda-feira (17), em pleno Centro de Fortaleza. No ataque dos criminosos, um universitário de 25 anos, aluno formando em Nutrição da Faculdade Metropolitana de Fortaleza (Fametro), foi baleado e morto pelos assaltantes. Dois adolescentes que participaram do crime foram apreendidos ainda na noite passada.

O crime ocorreu por volta de 18h40 na Rua Conselheiro Estelita, no momento em que o universitário João Pedro Guedes Goiana, 25 anos, estacionava seu carro. O rapaz, filho do coronel do Corpo de Bombeiros Militar, Roberto Goiana, foi rendido e obrigado a entregar seus objetos. Ainda assim foi baleado e morreu no local.

Testemunhas afirmam que os bandidos atiraram para matar o estudante após um dos seguranças perceber o assalto e disparar um tiro para cima, de advertência. Os dois assaltantes que rendiam o aluno fugiram do local. Um deles conseguiu entrar no carro onde estavam os comparsas. O outro foi deixado para trás e acabou preso logo em seguida por uma patrulha da PM. O segundo suspeito foi detido no bairro Pirambu, onde mora.

Investigação

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para o local. Apesar dos esforços dos médicos e socorristas, o rapaz baleado não resistiu e faleceu no local do assalto.

O corpo do estudante foi encaminhado à Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) iniciaram uma investigação sobre o caso.

A direção da Fametro lamentou o fato e informou que está acompanhando o caso, prestando toda a assistência necessária à família do aluno morto.

(Fernando Ribeiro)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More