ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: CLIQUE AQUI E FALE COM O KELTON OU LIGUE (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Após pressão, Vaticano oficializa demissão de bispo brasileiro

Monsenhor Vilson Dias de Oliveira é acusado de abafar casos de assédio sexual por parte de padre envolvendo ex-coroinhas no interior de SP.

O Vaticano aceitou a renúncia do monsenhor Dom Vilson Dias de Oliveira ao governo pastoral da diocese de Limeira (SP). O papa Francisco oficializou a demissão do religioso — que já estava sendo pressionado a deixar a igreja — em comunicado divulgado nesta sexta-feira (17). 

Dom Vilson é acusado de acobertar abusos do padre Pedro Leandro Ricardo, em cidades do interior paulista. As vítimas seriam ex-coroinhas da igreja e ainda menores de idade quando os crimes teriam acontecido. 

Em carta aberta publicada pela diocese, Vilson disse: "reconheço minhas limitações".

O caso dos ex-coroinhas foi divulgado pelo Jornal da Record no começo deste ano. Quatro jovens alegam terem sofrido abusos por parte do padre, que passou por igrejas nas cidades de Limeira, Americana e Araras. Ricardo foi afastado até a conclusão das investigações.

O inquérito no Ministério Público Federal está sob sigilo.
Fonte: R7

2 comentários:

Só pra não esquecer o outro caso de um outro bispo, que esteve em Sobral, que era homossexual e fez a mesma coisa que Vilson Dias de Oliveira.

Não podemos esquecer o Aldo Pagotto, que fez exatamente a mesma coisa quando bispo de Sobral, acobertou estrupo de 7menores em Santana do Acaraú...

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More