ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

Instale agora mesmo um Sistema de Rastreamento da Sobral RASTREADORES. (88) 999757272 / 992999212

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Jovem morta em Sobral não integrava facção, diz parente

Sem se identificar, familiar de Maria Elailane do Nascimento, 19, torturada e assassinada na cidade da Região Norte, revelou a angústia de ver o vídeo da jovem sendo espancada antes de saber que ela havia sido morta.

Leiane (nome fictício) havia acabado de acordar, quando recebeu, por mensagens, fotos e vídeos da parente, Maria Elailane do Nascimento, 19, sendo espancada por cinco mulheres, no bairro Terrenos Novos, em Sobral, Região Norte do Ceará, na última terça-feira (14). A mulher foi à procura da familiar, mas já era tarde demais. Elailane foi encontrada morta em um imóvel abandonado com sinais de espancamento, apedrejamento e lesões por faca. Segundo a Polícia, o crime foi motivado por disputa entre facções rivais.

À luz do dia, com a rua movimentada, a cena bárbara é registrada. As cinco mulheres desferiram socos e chutes contra Maria Elailane. Sem conseguir esboçar nenhuma reação, a jovem foi arrastada pelos cabelos para um imóvel abandonado, momento em que as agressões tornaram-se mais intensas. Pedaços de madeiras e pedras foram utilizados. Um homem e a pessoa que filma também participaram do crime.

A brutalidade com que Maria Elailane foi morta se assemelha ao caso datravesti Dandara, que foi assassinada em fevereiro de 2017. O crime também foi registrado em vídeo. Nas imagens, Dandara dos Santos aparece sendo torturada por vários homens. Ela recebia chutes e tapas na cabeça, sendo também agredida com um pedaço de madeira.

Maria Elailane, que não morava no bairro Terrenos Novos, foi levada até o local por um mototáxi. Conforme a familiar, um senhor tinha pedido que ela fosse buscar comida para uma amiga dela, que era ajudada pelo homem. "Mandou ela pegar e ela não queria ir, pois se sentia muito mal indo para aquele lugar", contou.

Amiga

"Ela é amiga da Dadazinha", grita o homem que grava Maria Elailane sendo agredida. A jovem não tinha envolvimento com facções criminosas, contudo, era amiga de uma mulher que se envolvia em diversas confusões no bairro.

"Ela não dizia nada com ninguém. Foi só crueldade. Só maldade. E nem foi por ela. Foi por causa dessa amiga. Essa amiga dela é muito problemática. Ela arruma problema com tudo e com todos. Amiga dela era metida nesta facção. Ela não devia nada a ninguém. Ela não conhecia ninguém. Essas pessoas que a mataram, ela não conhecia ninguém", contou a familiar.

Segundo a parente, a amiga de Elailane estava foragida, mas um senhor do bairro sustentava a mulher. A jovem estava ajudando a amiga. A suspeita da parente, é que Elailane foi atraída até o bairro Terrenos Novos para ser assassinada. "Ela sabia que ia morrer, ela não disse nada, morreu calada".

A morte de Maria Elailane foi motivada por disputa entre facções, afirmou o titular do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) de Sobral, delegado Paulo Castro, responsável pelo caso.

Cinco mulheres e três homens foram detidos suspeitos de assassinarem a jovem, entre os participantes do crime, quatro são adolescentes. Os agressores aparecem no vídeo do espancamento que circula em redes sociais.

A Polícia Civil continua a investigação para saber se outras pessoas participaram ou colaboraram de alguma forma para a morte trágica da jovem de 19 anos.

(Diário do Nordeste)

8 comentários:

Não existe isso pra bandido, se ela é ou não de facção, só de se visto junto com pessoas de grupos rivais, ou morar em bairro de facão rival ja é o suficiente para eles ter como inimigo. Nas periferias de Fortaleza toda semana morre gente nessas circunstancias mas não é filmado e portando não dar em nada.

A questão e que essas pirangueiras que fizeram aquilo com a menina,por ruindade mesmo elas sabiam que estavam sendo filmadas, aí foi que se exibiram mesmo pra tentar botar medo nas outras pessoas,está coitadas delas aqui se faz aqui se paga independente da pessoa ser de facção ou não, ninguém tem direito de tirar a vida de ninguém tomara que lá no presídio ele fiquem juntas com outras piores que elas,e que façam o mesmo que fizeram ou que faça pior justiça seja feita,matam por prazer e pra se exibir.

A questão e que essas pirangueiras que fizeram aquilo com a menina,por ruindade mesmo elas sabiam que estavam sendo filmadas, aí foi que se exibiram mesmo pra tentar botar medo nas outras pessoas,está coitadas delas aqui se faz aqui se paga independente da pessoa ser de facção ou não, ninguém tem direito de tirar a vida de ninguém tomara que lá no presídio ele fiquem juntas com outras piores que elas,e que façam o mesmo que fizeram ou que faça pior justiça seja feita,matam por prazer e pra se exibir.

Ainda tem pessoas que defendem esses tipo de gente no país. Espero que seja feito justiça, mais uma vez morreu uma pessoa inocente sem sentido nenhum. Deus abençoe sua família, perdoe seus pecados e lhe dê um bom descanso.

Aqui no Ceará o governador deveria adotar a política do governador do Rio.mas infelizmente o governo é dos petralhas, que gostam de bandidos e não cidadãos.

Tem gente olhando e não faz nada. Deveria ir pra cadeia

Não defendo a violência,essas pessoas que fizeram isso tem que apodrecer na cadeia,agora o Rio de Janeiro não é exemplo pra estado algum em política de Segurança

Temos q prestar bastante atecao pra n prejudicar ninguem nas noticias dadas pq nao foi mototaxi que a levou e sim deve ter sido os pirata q ninguem sabe quem e,pq por nao terem como conhecer os malandro se enfiltra no meio deles e prejudicando os cadastrado no sistema.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More