ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: CLIQUE AQUI E FALE COM O KELTON OU LIGUE (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

sexta-feira, 9 de agosto de 2019

Juiz perdoa multa de trânsito de idoso de 96 anos que levava filho de 63 ao médico; vídeo

Comovido com a dedicação do idoso, o juiz não esperou mais explicações para decidir encerrar o caso e perdoar a multa.
O juiz do Tribunal Municipal da cidade de Providence, capital do estado norte-americano de Rhode Island, deparou-se, no último dia 28 de julho, com um caso que comoveu o público que acompanha seu trabalho judicial no programa de televisão Caught in Providence (“Pego em Providência”, em um trocadilho com o nome da cidade). O magistrado Francesco Caprio ficou conhecido por julgar de forma justa e sensível alguns pequenos delitos ocorridos em sua cidade.

Desta vez, o acusado era o aposentado Victor Coella, de 96 anos, que se apresentou na sala de audiência para ser julgado por excesso de velocidade em uma zona escolar. Acontece que, ao se defender, o idoso explicou ao juiz que dirige raramente e que sempre está dentro dos limites de velocidade, porém, no dia em que foi multado, ele estava preocupado com algo mais importante.

“Estava indo para fazer os exames de sangue do meu filho. Ele é deficiente motor”, disse Coella. “Eu o levo para fazer essas análises a cada 15 dias porque ele tem câncer”, explicou emocionado. Durante sua defesa, Coella também contou que seu filho tem 63 anos e que continua cuidando dele.

Comovido com a dedicação do idoso, o juiz não esperou mais explicações. “Você é um bom homem. Está aqui com 90 anos e continua cuidando de sua família. É algo maravilhoso que você faz”, elogiou Caprio. Ele ainda aproveitou para fazer uma brincadeira envolvendo seu próprio filho que estava assistindo ao julgamento ali no tribunal: “Agora ele vai me cobrar dizendo que quando eu tiver 90 anos ainda precisarei levá-lo aos lugares. Você colocou muita pressão sobre mim”.

Caprio então decidiu concluir o caso e perdoar a multa. “Desejo tudo de melhor para você e seu filho e que espero que o senhor tenha muita saúde ainda. Seu caso está encerrado”, decretou Caprio.

Veja o vídeo (ative as legendas):


(Sempre Família)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More