ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON OU LIGUE (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Guarany de Sobral é superado por Atlético e está eliminado da Taça Fares Lopes

Oito dias após abrir ampla vantagem jogando em casa contra o Atlético Cearense no primeiro jogo da fase semifinal da Taça Fares Lopes, o Guarany de Sobral foi eliminado da competição, neste domingo (20) e deu adeus à vaga na Copa do Brasil de 2020.

Ao contrário do 3 a 0 construído no Estádio do Junco na semana passada, faltou garra no clube sobralense para administrar o placar a seu favor. Dezenas de torcedores saíram de Sobral para assistir ao jogo na capital cearense.

O primeiro tempo terminou com vitória parcial da Águia por 1 a 0. O gol foi marcado por Bruno Ocara, aos 15 minutos após Washington fazer boa jogada pela esquerda e confundir a defesa rubro-negra. A bola desviou em Max Oliveira antes de entrar.

A segunda etapa foi marcada por mais uma bobeada da defesa do Cacique do Vale. Aos 19 minutos, Emerson Catarina atraiu dois defensores, conseguiu passar por ambos e encontrou Ronda sozinho na entrada da área, que marcou o segundo gol da equipe da capital.

Por várias vezes os jogadores do Guarany de Sobral recuperaram a bola no setor de defesa e na tentativa de realizar ligação com o ataque acabavam devolvendo a bola para o time adversário.

O gol salvador que daria vaga ao bugre na final da Taça Fares poderia ter saído aos 31 minutos, quando Róbson Alemão aproveitou a falha do adversário e tocou para Márcio Diogo, que ao invés de tocar de volta para o seu companheiro, que estava na cara do gol, preferiu tentar uma jogada individual e não obteve êxito.

Outra oportunidade de gol dos rubro-negros aconteceu aos 38 minutos, após uma cobrança de falta na entrada da área. Taigo cobrou e a bola saiu por cima do travessão. O lance que originou a chance de gol teve a expulsão do goleiro Carlão, do Atlético, após tocar a bola com a mão fora da área.

Mesmo com um jogador a menos em campo, a equipe da casa pressionou e conseguiu um pênalti no final. Emerson Catarina foi derrubado por Elvis, que chegou atrasado no lance. O atacante Isac cobrou e deu números finais ao jogo na etapa normal.

Com o empate de 3 a 3 no placar geral, a partida foi decidida nos pênaltis. O destaque foi mais uma vez o decisivo Douglas, arqueiro da equipe sobralense. Ele conseguiu defender três cobranças mas não foi ajudado por seus companheiros. Nas cobranças alternadas Taigo colocou a bola no travessão e Waldson fez para a Águia da Precabura, que está na final e jogará contra o Caucaia, que venceu o Floresta por 2 a 1.

Os dois jogos finais serão disputados nos dias 27 de outubro e 3 de novembro.


Confusão na arquibancada

Torcedores do Guarany de Sobral relataram que durante o jogo, uma mulher foi empurrada por um policial militar do Batalhão de Choque, que fazia a segurança no Estádio Presidente Vargas, durante uma discussão. O momento foi gravado por outros torcedores e está sendo compartilhado nas redes sociais.

O caso foi parar na delegacia onde o torcedor fez um boletim de ocorrência contra o policial alegando abuso de autoridade.

Veja abaixo:


Fonte: Sobral Portal de Notícias (SPN)

3 comentários:

Oscar, esses jogadores fidumazégua(Tirando o grande Goleiro Douglas), merecem é um "mói de pêa". uns caras desses vão com a vantagem que foram pra esse jogo e fazem esse papelão.
Marcio Diogo deveria explicar o pq esse "mama na égua" não chutava pro gol. Alemão e demais, como vcs conseguem ser tão ruins assim. que batidas de penaltis péssimas foram aquelas seu fidumazégua...

Kkkkkk Guará sendo guará ����

Se vcs procurasse jogadores da terra seria muito mais lucro para nosso Guarany tanto lucrava na torcida como na folha.pois tenho certeza da que na terra temos muitos melhores do que essas bombas aí de fora.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More