ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON: (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Governadores do Nordeste passam fim de semana em Paris, sem agenda oficial

Compromissos oficiais iniciam nesta segunda, 18, e vão até o dia 22 de novembro; eles embarcaram à Europa na sexta.
Os governadores do Nordeste iniciaram nesta segunda-feira, 18, uma missão em busca de investimentos na França, Itália e Alemanha, que vai até o dia 22 de novembro.

A comitiva partiu rumo à Europa na sexta-feira, 15, e passou o fim de semana, sem compromissos oficiais, em Paris, com despesas pagas pelos cofres estaduais.

Participam da viagem os governadores: da Bahia, Rui Costa; de Alagoas, Renan Filho; do Ceará, Camilo Santana; da Paraíba, João Azevêdo; de Pernambuco, Paulo Câmara; do Piauí, Wellington Dias; do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra; e de Sergipe, Belivaldo Chagas. O Maranhão é representado pelo vice-governador Carlos Brandão.

A agenda não foi divulgada porque dependia de confirmações. Falam de “encontros com empresários e representantes dos governos dos países visitados”, mas a lista dos empresários e representantes dos governos não foi divulgada.

A inciativa é do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste). Com 57,1 milhões de habitantes, a região é responsável por 14,3% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

Os governadores devem ter encontros com executivos do grupo francês Engie, que atua na geração de energia e com noruegueses da Golar, empresa de transporte de gás natural. Também estão previstas “negociações” com a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida). E deve acontecer uma reunião na Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco). Segundo os organizadores, a agenda dos governadores incluiria ainda encontros com ministros franceses, italianos e alemães.

Boa parte dos governadores do Nordeste não tem boas relações com o presidente Jair Bolsonaro. E vários deles já tomaram o rumo da China, para tentar atrair capital chinês para projetos em seus Estados.

Presidente do Consórcio Nordeste, o governador Rui Costa (PT-BA) deverá prestar contas e apresentar resultados da viagem, anunciando quais foram os “investimentos” obtidos estado por estado “nas áreas de sustentabilidade, infraestrutura, turismo, saúde, segurança pública, saneamento e energias limpas.”

(Diário do Poder)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More