ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON: (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

BLOG SOBRAL 24 HORAS: + DE 204 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES!

sábado, 25 de abril de 2020

Em Crateús, primeira indígena diagnosticada com Covid-19 é curada

No município de Crateús, a primeira paciente indígena cearense diagnosticada com Covid-19 recebeu alta na sexta-feira (24). Da etnia Tupinambá, Deuselina Ferreira, 30, apresentou o quadro sintomático da doença após uma viagem para Fortaleza. 

As informações foram confirmadas pela Secretária de Saúde do município, Elizabeth Machado. “Ela é a primeira que positivou no Ceará e a primeira cura de uma etnia indígena no Estado. Ela chegou após uma viagem de 26 dias a Fortaleza com os sintomas. Então, a autoridade indígena percebendo a isolou e entrou em contato com a equipe médica da aldeia”. 

Segundo a responsável pela Pasta, Deuselina não ficou hospitalizada e, sim, isolada na própria aldeia, onde recebeu os cuidados necessários e cumpriu as recomendações dos órgãos de saúde. Com isso, não houve transmissibilidade do vírus para os outros moradores da localidade. 

A equipe de profissionais da Unidade de Saúde de Maratoan, onde Deuselina foi atendida, comemorou a cura da paciente. Em vídeos publicados na rede social da jornalista local Samila Gomes, uma das enfermeiras celebra: “quero parabenizar a ela que cumpriu a quarentena de uma forma impecável e agradecer a equipe. É uma vitória de todos nós”.

Dados do boletim epidemiológico da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) dessa sexta-feira (24) apontam que há apenas um caso confirmado da doença e cinco suspeitos entre populações indígenas no Ceará. 

CENÁRIO LOCAL 

Enquanto isso, Crateús apresenta 11 casos confirmados de Covid-19 e 89 em investigação, de acordo com dados da plataforma IntegraSUS da da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) deste sábado (25). 

Já o Ceará, com casos 126 cidades, tem 5.320 indivíduos infectados e 298 mortes. Outros 17.320 casos estão sob investigação. 

(Diário do Nordeste)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More