terça-feira, 21 de abril de 2020

Michelle repudia GM de SP por impedir doação de comida

Chef Henrique Fogaça foi proibido de doar alimentos a moradores de rua.
A primeira-dama Michelle Bolsonaro denunciou em suas redes sociais, nesta terça-feira (21), que o chef de cozinha Henrique Fogaça foi proibido, pela Guarda Municipal de São Paulo, de doar alimentos para pessoas em situação de rua na capital paulista. Michelle fez um apelo à primeira-dama de São Paulo, Bia Doria.

– Meu Deus, Bia Doria. Os moradores de rua não podem ficar sem comer, isso é desumano – escreveu Michelle em seu Instagram.

O apelo da primeira-dama acontece depois de o próprio Henrique Fogaça contar, em entrevista, que os guardas municipais o impediram de fazer a boa ação, que aconteceu nesta segunda (20).

– Estamos fazendo esse trabalho há aproximadamente um mês e ontem fomos surpreendidos pela Guarda Civil Municipal. A alegação era de que os moradores de rua estavam fazendo bagunça e indicaram que fossem à cracolândia porque lá há distribuição de comida – declarou.

Fogaça, que também é apresentador do MasterChef, disse que a única preocupação era levar comida de qualidade àquelas pessoas e falou da importância da solidariedade neste momento de pandemia.

Ao final, ele afirmou que recebeu ligações das autoridades pedindo desculpas pelo fato, com isso, ele diz que pretende continuar as doações nesta terça.

– A Guarda Civil e a assessora do governador me ligaram, pediram desculpas e agora estarão juntos conosco. Faremos a distribuição hoje, ao meio-dia e às 18h – completou.

(Pleno News)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More