domingo, 10 de maio de 2020

STF autoriza acesso ao vídeo da reunião citada por Moro

Neste sábado (9) uma decisão do Supremo Tribunal Federal foi divulgada apontando que o ministro Celso de Mello permitiu o acesso à gravação de uma reunião citada pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro.

Mello é relator do caso que investiga a veracidade das informações dadas pelo ex-ministro no momento do anúncio de sua demissão. Entre elas estão acusações de que o presidente Jair Bolsonaro desejava interferir no trabalho da Polícia Federal.

A gravação da reunião apresentaria uma conversa entre Bolsonaro e Moro, junto com outros ministros, ocorrida no dia 22 de abril. O conteúdo será exibido uma única vez à delegada Christiane Corrêa Machado e ao advogado-geral da União.

O governo havia apresentado dois pedidos ao Supremo. No primeiro deles, pediu para não enviar o arquivo por ele conter “assuntos potencialmente sensíveis e reservados de Estado, inclusive de relações exteriores, entre outros”.

Já no segundo, o advogado-geral da União, José Levi, pediu que fosse enviado apenas os trechos citados pelo ex-ministro da Justiça.

(Pleno News)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More