sexta-feira, 5 de junho de 2020

Bilionários dos EUA ficaram ainda mais ricos durante pandemia

Empresários recuperam parte das perdas sofridas após a queda dos mercados em meio ao caos.
Um relatório publicado, nesta quinta-feira (4), pelo Instituto de Estudos de Políticas (IPS) aponta que, durante as 11 semanas transcorridas desde 18 de março, quando as políticas de isolamentos dos Estados Unidos começaram, a riqueza das pessoas mais abastadas do país aumentou mais de US$ 565 bilhões.

Desde o início da pandemia de coronavírus, a riqueza combinada dos bilionários norte-americanos, incluindo a do fundador da Amazon, Jeff Bezos, e a do presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, saltou mais de 19%, isto é, cerca de meio trilhão de dólares. 

O novo estudo mostra ainda que, durante este período de 11 semanas, Bezos viu sua riqueza crescer em cerca de US$ 36,2 bilhões.

Já a fortuna de Zuckerberg aumentou em cerca US$ 30,1 bilhões. 

Enquanto o patrimônio do executivo-chefe da Tesla, Elon Musk, também apresentou uma elevação de US$ 14,1 bilhões.

(Renovamidia)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More