sábado, 6 de junho de 2020

POLICIAIS MILITARES DO RAIO RESPONDEM RÁPIDO E PRENDEM ASSASSINOS DE LUANNY KEVELLIN

Momentos depois do homicídio bárbaro que ceifou a vida de Francisco Antonio Sousa, mais conhecido como “Luanny Kevelin”, policiais militares do Raio de Camocim iniciaram as diligências e conseguiram efetuar a prisão de quatro indivíduos suspeito de ter matado a vítima a golpes de gargalo de garrafa, pauladas e pedradas. 


Motivo fútil 

De acordo com as informações enviadas ao Camocim polícia 24h, tudo teria começado com uma bebedeira que estava acontecendo na Praça da Matriz. Era por volta das 02h da madrugada deste sábado, 06, quando se iniciou uma confusão onde um dos indivíduos teria espancado a vítima, alegando que Luanny teria xingado sua mãe com palavra de baixo calão. Achando pouco os indivíduos tramaram momentos depois a morte da vítima. Luanny sofreu novamente espancamento, desta vez sofreu várias lesões a pauladas, pedradas e cortes a gargalo de garrafa. Mesmo ferida, a vítima teve força para sair correndo e procurou escapar pulando uma grade da Receita Federal, no entanto, os elementos a perseguiram e conseguiram pega-la, terminando ali de mata-la barbaramente. 


Prisões 

Já por volta das 10h30 da manhã, algumas informações chegaram aos pms do Raio, ajudando assim na prisão dos quatro indivíduos, sendo que três deles já confessaram o crime e um deles nega a participação. Os suspeitos identificados como Abreu, Del, Rodolfo e um menor de idade, foram conduzidos para a Delegacia de Camocim para os procedimentos cabíveis. Vale ressaltar que Camocim passou 159 dias sem o registro de crimes violentos de mortes. Neste 1º homicídio do ano os pm’s do Raio agiram rápido e deram a resposta à sociedade camocinense. 

Fonte: Camocim Polícia 24h

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More