sexta-feira, 19 de junho de 2020

PRF Ceará deflagra operação "Vulcano" com foco ao sistema de freios de veículos pesados


O sistema de freios, composto pelo freio de estacionamento e freio de serviço é um equipamento obrigatório nos veículos, e sua integridade e adequada manutenção são essenciais à segurança viária.


Nesta quinta-feira (18), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou uma operação nacional com o objetivo de fiscalizar o sistema de freios de veículos de carga e coletivo de passageiros. No Ceará as ações aconteceram em diveros pontos de fiscalização, espalhados em todas as regiões do estado.
Inicialmente, os policiais assistiram a uma palestra por vídeoconferência com o tema ‘Aspectos práticos para a Fiscalização do Sistema de Freios’, ministrada pelo Engenheiro mecânico, Rubem Penteado de Melo, com mais de 30 anos de experiência na área de fiscalização de trânsito.
Em seguida, ocorreu um briefing telepresencial, visando o planejamento das ações a serem executadas durante as atividades de fiscalização, no qual foram repassadas instruções quanto às técnicas de abordagem a este tipo de veículo, às legislações que norteiam esse tipo de fiscalização, principais infrações e medidas administrativas vinculadas à fiscalização do sistema de freios.
As atividades de fiscalização se concentraram em trechos das principais Brs 116, 222 e 020, tendo em vista que essas rodovias são corredores de passagens de carga de produtos para todo o Brasil.
Durante as abordagens os problemas mais comuns verificados no sistema de freios são decorrentes da falta de manutenção, do transporte de cargas com excesso de peso e do uso incorreto do freio motor do veículo em declives longos ou acentuados.
No decorrer da operação, 600 veículos foram fiscalizados com abordagem. A PRF no Ceará emitiu 89 autos de infração por diversas irregularidades, com maior ênfase em notificações por conduzir o veículo com irregularidade no sistema de freios e por descumprimento da lei do descanso. Já 6 veículos foram recolhidos ao pátio e só serão liberados após regularização.
O grande volume de transporte deste tipo de carga gera a necessidade de um processo de fiscalização contínuo e capacitado. Os defeitos, desgastes e uso incorreto dos freios, sobrecarrega todo o sistema e uma das consequências está na redução da capacidade de frenagem e do superaquecimento do conjunto, tornando maior o risco de colisões e tombamentos de carga, além de constituir uma das principais causas de acidentes graves em rodovias federais.
Para informações, denúncias, comunicação de crimes e acidentes a PRF dispõe do número de emergência 191. A ligação é gratuita e atende 24 horas em qualquer parte do País.
Resultados das fiscalizações no Brasil (acesse o link): https://www.prf.gov.br/agencia/operacao-vulcano-adulteracao-de-sistema-de-freios-de-veiculos-pesados-no-foco-da-prf/

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More