quarta-feira, 1 de julho de 2020

Justiça bloqueia imóveis do ex-governador da Paraíba

Magistrado autorizou o bloqueio de quatro imóveis do ex-governador Coutinho.
A Justiça mandou bloquear, nesta terça-feira (30), R$ 2,4 milhões referentes a uma previdência privada de Ricardo Coutinho, ex-governador da Paraíba.

Coutinho é investigado na operação “Calvário” por desvio de recursos da saúde do Estado da região Nordeste. 

Ele é apontado como suposto líder de uma organização criminosa que teria se instalado na área da Saúde da Paraíba durante seus dois mandatos como governador, entre 2011 e 2018.

A decisão recente atende a um pedido de sequestro de bens formulado pelo Ministério Público da Paraíba (MP-PB).

O bloqueio do investimento foi determinado depois que um levantamento na conta do ex-governador chegou ao valor de R$ 56 mil.

O juiz Wolfram da Cunha Ramos, da 3ª Vara Criminal, declarou:

“No caso concreto, entendo que os valores depositados na conta de previdência privada do imputado não possuem natureza alimentar, posto que estão aplicados como investimento, para o futuro.”

Além do sequestro da previdência privada, o magistrado também autorizou o bloqueio de quatro imóveis pertencentes ao ex-governador.

(Renovamidia)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More