terça-feira, 7 de julho de 2020

PF faz operação contra fraude milionária na Previdência

Grupo criminoso teria atuado para declarar pessoas saudáveis como incapazes e assim receber os benefícios.
A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (7), uma operação contra uma organização criminosa que teria causado um prejuízo de cerca de R$ 13 milhões de reais na Previdência Social. Ao todo, a PF cumpre 23 mandados de busca e apreensão contra o grupo que é composto por médicos, advogados e outros intermediários.

Batizada de Operação Revide, a ação apura fraudes cometidas pela quadrilha contra benefícios por incapacidade, que inclui afastamentos temporários e até aposentadorias. As investigações apontaram que um perito foi atraído pela organização, por meio de recebimento de propinas, para declarar pessoas que estavam aptas para trabalhar como incapazes.

O cumprimento dos mandados se concentra em São Paulo, Guarulhos, Caieiras, ambas no estado de São Paulo, além de Poços de Caldas, em Minas Gerais, Além disso, os agentes cumprem medidas restritivas de direitos para impedir que os criminosos continuem a cometer fraudes.

Apesar de ter apurado inicialmente que as fraudes provocaram desvios de mais de R$ 13 milhões, a polícia estima que evitará um prejuízo de mais de R$ 27 milhões aos cofres públicos.

(Pleno News)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More