quarta-feira, 29 de julho de 2020

Toffoli manda Lava Jato de SP parar de investigar Serra

Logo após a Justiça de São Paulo aceitar a denúncia contra o senador José Serra por lavagem de dinheiro, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, mandou suspender as investigações contra o parlamentar. Toffoli acatou a um pedido da defesa do senador.

A decisão do presidente do STF também proíbe temporariamente que os materiais apreendidos pela operação sejam usados no inquérito. Enquanto isso, as provas permanecem lacradas, à espera de uma decisão do ministro Gilmar Mendes, que deve acontecer somente após o recesso do Judiciário.

Em sua petição, a defesa alegou que o senador tem direito ao foro privilegiado e que as investigações aconteceram enquanto ele ainda é senador, o que viola o princípio do foro especial. Uma outra decisão de Toffoli barrou a investigação do tucano na Justiça Federal.

José Serra é suspeito de lavar dinheiro de Caixa 2 recebido durante a campanha para o Senado, em 2014.

As investigações tiveram como base a delação de Elon Gomes, empresário ligado à Qualicorp, que relatou repasses para a campanha do tucano ao Senado em 2014. A defesa nega as acusações.

(Pleno News)

1 comentários:

Rapaz quando o cara é peixe grande rapidamente vem um ministro do supremo para defende-lo

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More