quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Candidato a prefeito de São Paulo "corrige" declaração de bens de R$ 15 mil para R$ 5 milhões

Candidato à Prefeitura de São Paulo pelo Partido Novo, o empresário Filipe Sabará enviou uma correção da declaração eleitoral de bens feita ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). De 15,6 mil em bens declarados, a nova declaração de Sabará saltou para R$ 5,1 milhões.

O erro, segundo Sabará, teria sido fruto de um “lapso”. As informações foram publicadas na coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo.

A declaração inicial do empresário, enviada em 19 de setembro, trazia um montante em bens avaliado em R$ 15.686. Sabará é herdeiro do Grupo Sabará, um gigante da indústria química com foco na fabricação de cosméticos, com faturamento superior a R$ 200 milhões nos últimos anos.

Filiados ao Novo criticaram os valores e cobraram de Sabará mais “transparência” em relação aos seus bens.

No dia 21 de setembro, Sabará enviou uma retificação ao TSE na qual declara ter, na verdade, R$ 5,1 milhões. Os valores estavam diluídos entre ações da empresa, aplicações e valores em conta.

Na declaração original, as ações da empresa estavam avaliadas em R$ 8 mil, enquanto na retificação passaram a valer R$ 5 milhões. No documento ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral), Sabará afirmou que a diferença de valores foi um “lapso”.

Fonte: Yahoo

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More