domingo, 8 de novembro de 2020

Maduro quer "vender" a Venezuela para os chineses

Na última sexta-feira (6), o ditador Nicolás Maduro pediu "socorro financeiro" para a China com o propósito de reanimar a economia venezuelana.

Maduro também ofereceu a liderança dos novos investimentos na Venezuela aos chineses … o país vizinho espera captar verbas orientais através da Lei Antibloqueio, que permite que o governo oculte determinados acordos:

“Peço a ajuda da China, peço a ajuda do (presidente) Xi Jinping, com sua experiência científica, tecnológica, econômica, para que a Lei Antibloqueio seja a expressão de novas parcerias no crescimento da economia real”, declarou o presidente venezuelano durante uma reunião em Caracas com empresários chineses.

“Convidamos a China, em toda sua integridade, todas as empresas públicas, mistas e privadas da China a virem, através da Lei Antibloqueio, para tomarem uma posição dianteira no investimento para o desenvolvimento nos termos da estreita cooperação entre China e Venezuela, nos termos de lucro compartilhado”

O ditador prometeu aos empresários chineses que a Venezuela está aberta a todos os tipos de investimentos:

“Estamos abertos, prontos e dispostos a avançar rapidamente em investimentos em ouro, ferro, aço, alumínio, pedras preciosas. A Lei Antibloqueio permite tudo, vamos fazer, vamos construir em uma nova etapa”.

(Diário do Brasil)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More